Proteger bases de dados

Criar cópias de segurança de bases de dados

O seu browser não suporta vídeo. Instale o Microsoft Silverlight, o Adobe Flash Player ou o Internet Explorer 9.

Recomenda-se criar regularmente cópias de segurança da base de dados. É aconselhável rever uma versão anterior da sua base de dados. Em alternativa, caso ocorra uma falha do sistema, poderá ter de restaurar o seu trabalho.

Criar cópias de segurança de uma base de dados

Nota: Se partilhar uma base de dados com colegas da sua equipa, certifique-se de que eles fecham a respetiva instância da base de dados antes de dar início ao processo de cópia de segurança.

  1. Abra a base de dados para a qual pretende criar uma cópia de segurança.

  2. Selecione Ficheiro > Guardar Como.

  3. Em Tipos de Ficheiro, selecione Guardar Base de Dados Como

  4. Em Avançadas, selecione Criar Cópia de Segurança da Base de Dados e, em seguida, selecione Guardar Como.

    Se pretender, altere o nome do ficheiro de cópia de segurança.

    Sugestão: Regra geral, quando restaura dados ou objetos a partir de uma cópia de segurança, pretende saber qual foi a base de dados que originou a cópia de segurança e quando é que a cópia de segurança foi criada, pelo que recomendamos utilizar o nome de ficheiro predefinido, que inclui estas duas informações.

  5. Selecione o tipo de ficheiro para a cópia de segurança da base de dados e, em seguida, selecione Guardar.

Se vir alguma das seguintes mensagens, eis o que pode fazer:

Restaurar uma base de dados

Restaurar uma base de dados significa utilizar uma cópia de segurança dessa base de dados para substituir um ficheiro de base de dados danificado, com problemas de dados ou que está em falta.

  1. Feche a base de dados danificada.

    Ícone de uma base de dados vazia

  2. No Explorador de Ficheiros, aceda à pasta que contém a base de dados danificada e mude o nome da mesma.

    Sugestão: Inclua o nome da base de dados original e o respetivo estado obsoleto no novo nome.

  3. Aceda à pasta que contém o ficheiro de cópia de segurança e copie esse ficheiro.

  4. Cole o ficheiro de cópia de segurança na pasta que contém a base de dados danificada.

  5. Mude o nome da cópia do ficheiro de cópia de segurança para corresponder ao nome da base de dados original. Se lhe for pedido para substituir o ficheiro existente, faça-o.

Quer mais?

Proteger os seus dados com cópias de segurança e processos de restauro

Formação do Excel

Formação do Outlook

Criar cópias de segurança da sua base de dados do ambiente de trabalho ajuda-o a recuperar os seus dados essenciais quando o comando Anular não for suficiente para corrigir um erro, restaurar um objeto em falta ou decifrar dados danificados.

Quando cria uma cópia de segurança de uma base de dados, o Access guarda e fecha objetos que estejam abertos na vista de Estrutura e guarda uma cópia do ficheiro de base de dados com o nome e na localização que selecionar.

Antes de criar a cópia de segurança, certifique-se de que todos os outros utilizadores fecham a respetiva instância da base de dados.

Abra a base de dados para a qual pretende criar uma cópia de segurança.

Selecione Ficheiro e, em seguida, selecione Guardar Como.

Em Avançadas, selecione Criar Cópia de Segurança da Base de Dados e, em seguida, selecione Guardar Como.

Na caixa de diálogo Guardar Como veja o nome da cópia de segurança.

O nome de ficheiro predefinido da cópia de segurança é a data de hoje mais o nome da base de dados original.

Esta é uma boa prática e pode ser bastante útil se precisar de restaurar uma cópia de segurança.

Sendo cada cópia de segurança um ficheiro novo, terá versões diferentes da sua base de dados, como acontece com os instantâneos.

Ter múltiplas versões pode ser essencial se a sua cópia de segurança mais recente apresentar dados danificados e tiver de reverter para uma cópia de segurança mais antiga.

No entanto, a escolha é sua e pode dar o nome que quiser à cópia de segurança.

Pode preferir substituir a sua anterior cópia de segurança, para ter sempre uma única cópia de segurança da sua versão mais recente.

Independentemente do método que escolher, o mais importante é que está a criar uma cópia de segurança.

Ainda melhor se o fizer regularmente.

Ainda na caixa de diálogo Guardar Como, verifique a localização onde a cópia de segurança está a ser guardada.

A localização predefinida da cópia de segurança é a mesma da base de dados original.

Para maior proteção e segurança, pondere armazenar os seus ficheiros de cópia de segurança numa pasta diferente, numa unidade de rede diferente (de preferência noutro edifício), num dispositivo de armazenamento externo ou numa unidade na nuvem, como precaução.

Selecione Guardar. O seu ficheiro da base de dados de cópia de segurança é guardado com o nome e a localização que especificou.

Agora que tem uma cópia de segurança ou várias, pode restaurar uma base de dados completa se o original for perdido ou danificado de forma irreparável.

Em primeiro lugar, feche a base de dados de trabalho danificada.

Abra o Explorador de Ficheiros e aceda à pasta que contém a base de dados de trabalho.

Mude o nome da base de dados danificada de forma a manter o nome original, mas adicionando um elemento que indique que se trata de uma versão obsoleta.

Se tiver armazenado o ficheiro de cópia de segurança num local separado da base de dados de trabalho, utilize o Explorador de Ficheiros para procurar o ficheiro de cópia de segurança.

Aceda à localização de armazenamento onde a base de dados danificada ou em falta deveria estar e cole o ficheiro de cópia de segurança no local.

Quer precise de trazer a cópia de segurança de outro local ou de utilizar uma cópia de segurança no mesmo local que a base de dados de trabalho, precisa de mudar o nome do ficheiro para que este seja igual ao do original.

A sua cópia de segurança foi restaurada, tornando-se a nova base de dados de trabalho.

Por vezes, não precisa de restaurar uma base de dados completa.

Pode apenas precisar de restaurar um único objeto, como uma consulta ou um relatório.

Para o fazer, importe o objeto da base de dados de cópia de segurança para a base de dados de trabalho.

Para começar, se outros programas ou bases de dados tiverem ligações para objetos na base de dados que precisem do objeto restaurado, mantenha a base de dados na localização original.

Caso contrário, as ligações para os objetos da base de dados deixam de funcionar e terão de ser atualizadas.

Por outras palavras, mova a base de dados de cópia de segurança para a localização da base de dados de trabalho e não o contrário.

Agora, abra a base de dados com o objeto que precisa de ser restaurado a partir da cópia de segurança.

Se estiver a substituir um objeto que contém dados danificados ou em falta, ou se o objeto tiver deixado de funcionar corretamente, é uma boa ideia mudar o nome do objeto com mau funcionamento em vez de o eliminar por completo.

Por exemplo, se quiser restaurar um formulário danificado com o nome Detalhes do Funcionário, mude o nome do formulário danificado para algo como Detalhes do Funcionário_danificado.

Selecione Dados Externos e, em seguida, selecione Access.

Nesta caixa de diálogo, selecione Procurar.

Localize a sua base de dados de cópia de segurança e, em seguida, selecione Abrir.

Se necessário, selecione a opção "Importar tabelas, consultas, formulários, relatórios, macros e módulos para a base de dados atual". Clique em OK.

Agora, selecione o separador referente ao tipo de objeto que está a restaurar.

Esta lista apresenta todos os formulários na sua base de dados de cópia de segurança.

Selecione o objeto que pretende importar para a base de dados de trabalho.

Se precisar de importar mais objetos neste separador, só tem de selecioná-los.

Para importar outros tipos de objetos, selecione um separador diferente e selecione os objetos que pretende.

Todas as seleções que fez noutros separadores permanecem intactas.

Para ver mais opções antes de importar os objetos, selecione Opções.

Selecione OK. Em seguida, selecione Fechar na caixa de diálogo.

Os objetos selecionados da cópia de segurança são importados para a base de dados como especificou.

Já restaurou a sua base de dados com os objetos de que necessita e pode regressar à atividade normal.

Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×