SQL do Access: Cláusula SELECT

SQL do Access: Cláusula SELECT

Este artigo faz parte de um conjunto de artigos sobre o SQL do Access. Este artigo descreve como escrever uma cláusula SELECT e utiliza exemplos para ilustrar as várias técnicas que pode utilizar ao escrever a mesma.

Para ver uma descrição geral do SQL do Access, consulte o artigo SQL do Access: conceitos básicos, vocabulário e sintaxe.

Neste artigo

Selecionar campos: a cláusula SELECT

Selecionar todos os campos

Selecionar valores diferentes

Utilizar nomes substitutos para campos ou expressões: a palavra-chave AS

Selecionar com uma expressão

Selecionar campos: a cláusula SELECT

Geralmente, a instrução SELECT começa com uma cláusula SELECT. Utilize uma cláusula SELECT para especificar os nomes dos campos que têm os dados que pretende utilizar numa consulta. Também pode utilizar expressões em vez de ou para além dos campos. Também pode utilizar outra instrução SELECT como um campo – isto é conhecido como uma subconsulta.

Imaginemos que pretende saber o número de telefone dos seus clientes. O campo com os números de telefone dos clientes é denominado txtCustPhone e a cláusula SELECT é apresentada da seguinte forma:

SELECT [txtCustomerPhone]

Pode colocar o nome entre parênteses retos. Se o nome não tiver espaços ou carateres especiais (como sinais de pontuação), os parênteses retos são opcionais. Se o nome tiver espaços ou carateres especiais, tem de utilizar os parênteses retos.

Sugestão: Um nome com espaços é mais fácil de ler e pode poupar-lhe tempo quando estiver a estruturar formulários e relatórios, mas poderá fazer com que tenha de escrever mais ao escrever instruções SQL. Deve ter este facto em consideração ao atribuir nomes a objetos na sua base de dados do Access.

Se a sua instrução SQL tiver dois ou mais campos com o mesmo nome, tem de adicionar o nome da origem de dados de cada campo ao nome do campo na cláusula SELECT. Utilize o mesmo nome para a origem de dados que utiliza na cláusula FROM.

Selecionar todos os campos

Quando quer incluir todos os campos de uma origem de dados, pode listar todos os campos individualmente na cláusula SELECT ou utilizar caráter universal de asterisco (*). Quando utiliza o asterisco, o Access determina quando a consulta é executada, quais os campos que a origem de dados contém e inclui todos os campos na consulta. Isto ajuda a garantir que a consulta permanece atualizada se forem adicionados novos campos à origem de dados.

Pode utilizar o asterisco com uma ou mais origens de dados numa instrução SQL. Se utilizar o asterisco e existirem múltiplas origens de dados, tem de incluir o nome da origem de dados juntamente com o asterisco, para que o Access possa determinar a origem de dados com os campos que serão incluídos.

Por exemplo, imaginemos que pretende selecionar todos os campos da tabela Encomendas, mas apenas o endereço de e-mail da tabela Contactos. A sua cláusula SELECT poderá ter um aspeto semelhante a este:

SELECT Orders.*, Contacts.[E-mail Address]

Nota: Tenha em atenção quando utiliza o asterisco. Se posteriormente forem adicionados novos campos à origem de dados e tal não for planeado, os resultados da sua consulta poderão não ser os esperados.

Selecionar valores diferentes

Se souber que a sua instrução irá selecionar dados redundantes e preferir ver apenas valores diferentes, pode utilizar a palavra-chave DISTINCT na sua cláusula SELECT. Por exemplo, imaginemos que cada um dos seus clientes representa vários interesses diferentes, alguns dos quais utilizam o mesmo número de telefone. Se quiser certificar-se de que só vê cada número de telefone uma vez, a sua cláusula SELECT é apresentada da seguinte forma:

SELECT DISTINCT [txtCustomerPhone]

Utilizar nomes substitutos para campos ou expressões: a palavra-chave AS

Pode alterar a etiqueta apresentada em qualquer campo na vista de Folha de Dados ao utilizar a palavra-chave AS e um alias de campo na sua cláusula SELECT. Um alias de campo é um nome que atribui a um campo numa consulta para facilitar a leitura dos resultados. Por exemplo, se quiser selecionar dados de um campo denominado txtCustPhone e o campo tiver os números de telefone dos clientes, pode melhorar a legibilidade dos seus resultados com um alias de campo na sua instrução SELECT, da seguinte forma:

SELECT [txtCustPhone] AS [Customer Phone]

Nota: Tem de utilizar um alias de campo ao utilizar uma expressão numa cláusula SELECT.

Selecionar com uma expressão

Por vezes, pode querer ver cálculos com base nos seus dados ou obter apenas uma parte dos dados de um campo. Por exemplo, imaginemos que pretende devolver o ano em que os clientes nasceram, com base nos dados no campo BirthDate da sua base de dados. A sua cláusula SELECT poderá ter o seguinte aspeto:

SELECT DatePart("yyyy",[BirthDate]) AS [Birth Year]

Esta expressão consiste na função DatePart e dois argumentos – "yyyy" (uma constante) e [DataDeNascimento] (um identificador).

Pode utilizar qualquer expressão válida como um campo, se a expressão exportar um único valor quando fornecido um único valor de entrada.

Início da Página

Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×