Prepare-se - Crie um site do SharePoint acessível

Está a dar os primeiros passos na acessibilidade e no SharePoint? Este artigo disponibiliza algumas sugestões que o ajudam a começar. Existem coisas úteis a fazer ainda antes de abrir o SharePoint.

Importante: 

  • A eficiência de utilização é fundamental. Os utilizadores portadores de deficiência podem ter deficiências, mas, antes de tudo, são utilizadores. Têm trabalho para fazer e tarefas que pretendem realizar quando utilizam um Web site ou a intranet.

  • Se não conseguir obter o que pretende através da navegação num site do SharePoint, uma pessoa portadora de deficiência também não conseguirá.

Esta tabela oferece uma descrição geral rápida dos recursos presentes neste artigo.

Recurso

Descrição

Ícone de pessoa a ler

Ler sobre o assunto

É importante encontrar informações seguras e nas quais possa confiar totalmente.

ícone de pessoas a falar

Converse com as pessoas que têm necessidades em termos de acessibilidade

Saiba quais são os desafios mais comuns que elas têm de enfrentar no dia a dia.

Ícone de ferramentas

Experimente utilizar algumas tecnologias de apoio

Não há nada melhor do que experimentarmos nós próprios. Estas são algumas das ferramentas gratuitas que pode utilizar.

Ícone de pessoa em cadeira de rodas

Não se esqueça de que a acessibilidade não tem a ver só com pessoas invisuais

As pessoas que precisam da acessibilidade na Web podem ser portadoras de alguma deficiência ou podem simplesmente optar por utilizar comandos de voz porque estão a guiar. A lista de possíveis necessidades é enorme.

Ícone de pessoa com equipamento multimédia

Tenha em conta a experiência do utilizador global

Imagine o seguinte cenário: criou o design de site mais bonito e elegante do mundo. No entanto, há algo que não está bem.

ícone de lista de verificação

Teste, teste e volte a testar

É fundamental saber o que acontece efetivamente quando as pessoas utilizam o seu site.

ícone de pessoa a escrever com um lápis

Tenha em conta o que aprendeu

À medida que vai sabendo mais sobre a acessibilidade, com base nas suas investigações e experiência de utilização do seu site, desenvolva as suas próprias orientações de acessibilidade.

Estas sugestões foram adaptadas do artigo do jornalista Stuart Dredge, publicadas originalmente no jornal inglês TheGuardian.com, em 23 de novembro de 2011. O artigo de Dredge debruça-se sobre como tornar acessíveis as aplicações móveis, o que só nos vem dar razão. A acessibilidade trata-se de conceber um design que funcione para todas as pessoas e em todos os dispositivos.

Ler sobre o assunto

Os sites do SharePoint são Web sites e estão disponíveis na Internet muitos manuais que explicam como criar Web sites acessíveis. Estas notícias são-lhe úteis, porque pode aplicar todas essas informações quando criar o seu site do SharePoint. Se pretender criar um site do SharePoint que seja acessível e fácil de utilizar, não tem de o fazer sozinho e não tem de começar do zero.

É importante encontrar informações seguras e nas quais possa confiar totalmente. Eis algumas ligações para sites especialmente bons:

Site do recurso

Por que é que é ótimo

W3C Accessibility

Esta página é um excelente ponto de partida. O World Wide Web Consortium (W3C) é uma comunidade internacional de pessoas que trabalham em conjunto para desenvolver normas para a Internet, incluindo orientações para a acessibilidade da Web.

O W3C é, provavelmente, o recurso mais abrangente disponível sobre a acessibilidade da Web. O W3C escreveu, quase literalmente, o livro “Web Content Accessibility Guidelines (WCAG, “Diretrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web”.) Agora na versão 2.0, o WCAG assume-se como a base para as normas de acessibilidade de muitos países/regiões.

WebAIM– Web Accessibility in Mind

A WebAIM (Acessibilidade da Web em Mente) é outro excelente recurso. O site desta organização tem muitas informações para utilizadores principiantes e avançados e inclui várias ferramentas de teste úteis. E o site do WebAIM disponibiliza uma ótima ferramenta de pesquisa nova, o que permite encontrar os recursos facilmente.

Acessibilidade da Microsoft

O site Microsoft Accessibility oferece muitas informações, quer esteja a dar os primeiros passos na Informática e na acessibilidade ou seja programador de produtos sofisticados. Inclui

  • Ligações para o Accessibility Developer Center, onde pode encontrar ainda mais informações

  • Recursos transferíveis de grande qualidade, como manuais de instruções e vídeos.

  • Ligações para vastos conteúdos de ajuda e de instruções sobre acessibilidade

  • Programas de formação (gratuitos) desenvolvidos pela Microsoft, destinados a pessoas que programam aplicações acessíveis

Além disso, para obter mais informações relativamente aos critérios de design comuns à acessibilidade e à eficácia da utilização, consulte o seguinte artigo escrito pelo famoso especialista em eficácia de utilização Jakob Nielsen: Beyond Accessibility: Treating users with disabilities as people (“Para Lá da Acessibilidade - Encarar os utilizadores com deficiência como pessoas”).

Converse com as pessoas que têm necessidades em termos de acessibilidade

Se possível, fale com pessoas da sua empresa. As pessoas que trabalham na sua empresa podem dar-lhe opiniões bastante úteis quanto aos desafios que enfrentam. Podem descrever-lhe problemas específicos com que se deparam e ajudá-lo a definir objetivos realistas.

Pode encontrar alguns vídeos relevantes de pessoas com deficiência no site Microsoft Accessibility, em Microsoft Accessibility - Casos Práticos e Vídeos. As pessoas que aparecem nestes vídeos são provenientes de muitos sítios diferentes e também há vídeos de pessoas com deficiência que trabalham na Microsoft como investigadores, escritores e diretores de pessoal.

Experimente utilizar algumas tecnologias de apoio

Não há nada melhor do que experimentarmos nós próprios. Ao utilizar tecnologias de apoio, obterá perspetivas quanto ao design que não obteria de outra forma. A American Foundation for the Blind (AFB, Fundação Norte-Americana para os Invisuais) mantém uma base de dados pesquisável de produtos de tecnologia de apoio, muitos dos quais são freeware ou shareware.

Mas não precisa de ir a outros locais para encontrar tecnologia de apoio. Todos os computadores Windows incluem ferramentas incorporadas que podem ser encontradas e utilizadas de imediato. Basta ir ao Centro de Facilidade de Acesso.

Caixa de diálogo do Centro de Facilidade de Acesso, onde pode escolher as tecnologias de apoio

Eis algumas tecnologias de apoio utilizadas frequentemente e que pode experimentar em qualquer computador Windows.

  • Leitores de ecrãTodos os computadores Windows vêm equipados com um leitor de ecrã incorporado, chamado Narrador. Se possível, afaste o rato e utilize os atalhos do teclado para se mover pela página. Para começar, veja esta demonstração: Microsoft Windows - Ouvir texto lido em voz alta com o Narrador. Para obter ainda mais informações, desative o som do computador e clique no botão “CC”, na parte inferior do ecrã do leitor de vídeo. Verá legendas de áudio, das quais as pessoas com deficiências auditivas dependem.

  • Lupa Muitas vezes, as pessoas com pouca visão utilizam uma lupa de ecrã, que seleciona uma parte pequena do ecrã e a aumenta. Algumas lupas mostram o ecrã num ecrã separado, outras podem ser colocadas na mão e há ainda outras que consistem em software que é executado no computador em uso. As pessoas que utilizam lupas podem escolher o tamanho do texto que pretendem ver e há quem tenha aumentado de tal forma o texto que só aparecem alguns carateres no ecrã de cada vez. Para aprender a utilizar a lupa, consulte Microsoft Windows - Use a Lupa para aumentar os itens apresentados no ecrã.

  • Alto Contraste O Alto Contraste altera o contraste da cor no ecrã do computador, o que torna o texto mais claro. É, de longe, a tecnologia de apoio mais utilizada, quer por pessoas portadoras de deficiência, quer por pessoas sem deficiência. Pode alterar a cor do fundo e a cor e o tamanho dos tipos de letra dos textos. Para saber como utilizá-lo, consulte Microsoft Windows - Ativar o Alto Contraste .

  • Atalhos de Teclado Muitos de nós utilizam atalhos de teclado diariamente para um acesso mais rápido a tarefas comuns, como CTRL+C para copiar texto do ecrã. No entanto, se não puder utilizar um rato porque não pode utilizar a sua mão, os atalhos de teclado são ainda mais importantes. Para compreender melhor esta situação, afaste o rato e utilize apenas o teclado para navegar e controlar o computador. Cada programa de software tem uma coleção completa de atalhos de teclado. Pode encontrar ligações a atalhos para todos os produtos Microsoft em Acessibilidade em produtos Microsoft - Atalhos de Teclado.

Não se esqueça de que a acessibilidade não tem a ver só com pessoas invisuais

Não caia no erro de pensar que a acessibilidade significa apenas tornar o seu site funcional para as pessoas que utilizam leitores de ecrã. A acessibilidade traduz-se em permitir que o seu site possa ser utilizado por tantas pessoas quanto possível. Algumas pessoas são daltónicas, outras não podem usar o rato e outras ainda não conseguem processar as informações se uma página do site estiver demasiado cheia.

Além disso, ao tornar o seu site acessível, também pode ajudar as pessoas que não se consideram portadoras de deficiência. Um dos segmentos de mercado em maior crescimento em todo o mundo são as pessoas de idade, que serão, brevemente, o grosso da população em muitos países/regiões. Muitas vezes, as pessoas de idade têm dificuldades visuais, auditivas, de mobilidade, etc. Para saber mais sobre as necessidades das pessoas de idade, consulte W3C - Web Accessibility and Older Users: Meeting the Needs of Ageing Web Users (“W3C - A Acessibilidade da Web e os Utilizadores de Idade: Satisfazer as Necessidades de Utilizadores de Idade”).

Para tornar o seu site acessível para tantas pessoas quanto possível, considere o maior número de critérios de acessibilidade diferentes, conforme for prático.

Tenha em conta a experiência do utilizador global.

Imagine o seguinte cenário: criou o design de site mais bonito e elegante do mundo. Pôs em prática algumas ideias genuinamente inovadoras. No entanto, as pessoas que visitam o seu site trazem experiência com os seus próprios computadores e telemóveis. Será que vão ter de reaprender tudo quando utilizam o seu site? Ou conseguem aceder ao que pretendem facilmente e começar a trabalhar depressa?

A inovação é importante, mas a previsibilidade pode ser essencial. Se tornar a navegação no site fácil de compreender e previsível, este não só se tornará mais acessível, como todos os utilizadores lhe agradecerão. Para obter mais informações sobre de que forma é que a previsibilidade interage com a acessibilidade, aceda a W3C Web Accessibility Initiative - How people with disabilities use the web (“W3C Web Accessibility Initiative - Como é que as pessoas com deficiência utilizam a Web”).

Teste, teste e volte a testar

Nunca é de mais repetir. É fundamental testar o site. Sugerimos três tipos de testes:

  • Teste funcional - as ligações funcionam? Os utilizadores podem carregar ficheiros? É possível mover-se no site com o teclado? Eis alguns recursos que o podem ajudar a encontrar as ferramentas certas

  • Teste à capacidade de utilização: Como foi dito anteriormente, os utilizadores com deficiência são, antes de mais, utilizadores. Se o site não for utilizável, ninguém poderá aceder ao mesmo. Seguem-se algumas ideias que o vão ajudar a começar:

    • O conteúdo está escrito e pode ser lido claramente?

    • As pessoas (com ou sem deficiência) conseguem concluir facilmente as tarefas que pretende que elas façam? Por exemplo, conseguem preencher e enviar as informações que lhes solicita?

    • Podem ignorar elementos decorativos ou repetitivos?

    • Podem navegar para outras páginas sem dificuldade, abrir documentos ou seguir ligações?

    • As ligações têm texto legível que faça sentido?

  • Teste de conformidade: O seu site está em conformidade com os requisitos indicados no site da W3C ou com outros requisitos de conformidade aplicáveis à sua empresa ou ao país/região onde se encontra? A WebAIM disponibiliza a WebAIM - checklist for 508 compliance (“WebAIM - lista de conformidade com a norma 508“), uma das importantes normas federais dos EUA.

    Eis algumas sugestões a ter em conta:

    • Valide o HTML, o JavaScript e o CSS. É mais provável que os códigos válidos que utilizem convenções comuns funcionem bem com a tecnologia de apoio.

    • Verifique as combinações de cores, para ter a certeza de que o site está preparado para as pessoas daltónicas e que o contraste de cor do design é suficiente. Para saber mais, aceda a W3G- Web Content Accessibility Guidelines 2.0 - Visual Contrast (“W3C - Diretrizes de Acessibilidade para o Conteúdo da Web 2.0 - Contraste Visual”). O capítulo 1.4.3 Contraste (Mínimo) e o capítulo 1.4.6 Contraste (Melhorado) disponibilizam informações úteis.

    • Certifique-se de que todos os conteúdos sem texto têm texto alternativo. Para obter mais informações, consulte WebAIM - Alternative Text (WebAIM - Texto Alternativo”).

Tenha em conta o que aprendeu

À medida que vai sabendo mais sobre a acessibilidade, com base nas suas investigações e experiência de utilização do seu site, desenvolva as suas próprias orientações de acessibilidade. Pode voltar a utilizar estas orientações à medida que o seu site do SharePoint for crescendo (e sabe que isso vai acontecer).

Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×