Funções DVar, DVarP

Nota: Queremos fornecer-lhe os conteúdos de ajuda mais recentes o mais rapidamente possível e no seu idioma. Esta página foi traduzida automaticamente e pode conter erros gramaticais ou imprecisões. O nosso objetivo é que estes conteúdos lhe sejam úteis. Pode informar-nos se as informações foram úteis no final desta página? Eis o artigo em inglês para referência.

Pode utilizar as funções DVar e BDVARP para estimar a variância num conjunto de valores de um conjunto de registos (um domínio ) especificado. Utilize as funções DVar e BDVARP no Visual Basic para módulo Applications (VBA), um macro, uma expressão de consulta ou um controlo calculado num formulário ou relatório.

Utilize a função BDVARP para avaliar a variância para uma população e a função BDVAR para avaliar a variância uma amostra da população.

Por exemplo, poderia utilize a função BDVAR para calcular a variância ao longo de um conjunto de resultados de testes alunos.

Sintaxe

BDVAR ( expr domínio [critério] )

BDVARP ( expr domínio [critério] )

As funções DVar e BDVARP tem os seguintes argumentos:

Argumento

Descrição

expr

Obrigatório. Uma expressão que identifica o campo numérico no qual pretende encontrar a variância. Pode ser expressão de cadeia que identifica um campo a partir de uma tabela ou consulta ou pode ser uma expressão que executa um cálculo dos dados nesse campo. No expr, pode incluir o campo nome numa tabela, um controlo num formulário, uma constante ou uma função. Se expr inclui uma função, pode ser incorporado ou definidos pelo utilizador, mas não no outro domínio agregado ou função de agregação SQL. Qualquer campo incluído no expr tem de ser um campo numérico.

domínio

Obrigatório. Uma expressão de cadeia que identifica o conjunto de registos que constituem o domínio. Pode ser um nome de tabela ou um nome de consulta de uma consulta que não necessita de um parâmetro.

critério

Opcional. Uma expressão de cadeia utilizada para restringir o intervalo de dados no qual a função BDVAR ou BDVARP é executada. Por exemplo, muitas vezes é equivalente a cláusula WHERE numa expressão SQL, sem a palavra critérios onde. Se critérios for omitido, as funções DVar e BDVARP avaliam expr contra a todo o domínio. Qualquer campo que está incluído nos critérios também têm de ser um campo de no domínio; caso contrário, as funções DVar e BDVARP devolvem uma nulo.


Observações

Se o domínio que se refere a menos de dois registos ou se menos de dois registos satisfazem criteriuma, as Funções DVar e BDVARP funções devolvem Nulo, indicando que não é possível calcular um desvio.

Se utilizar a função BDVAR ou BDVARP uma macro, módulo, expressão da consulta ou controlo calculado, tem de construir o argumento de critérios cuidadosamente para garantir que será avaliado corretamente.

Pode utilizar a função BDVAR e BDVARP para especificar critérios na linha critérios de consulta de seleção, numa expressão de campo calculado numa consulta ou na linha Atualizar para de uma consulta atualização.

Nota: Pode utilizar as Funções DVar e DVarP ou as funções Var e VarP numa expressão de campo calculado num consulta de totais. Se utilizar a função BDVAR ou BDVARP , os valores são calculados antes de dados estão agrupados. Se utilizar a função Var ou VarP , os dados são agrupados antes dos valores na expressão de campo são avaliados.

Utilize as funções DVar e BDVARP num controlo calculado quando precisa de especificar critérios para restringir o intervalo de dados no qual a função é executada. Por exemplo, para apresentar a variância para as encomendas para ser enviadas para a Califórnia, defina a propriedade OrigemDoControlo da caixa de texto com a seguinte expressão:

=DVar("[Freight]", "Orders", "[ShipRegion] = 'CA'")

Se pretender simplesmente encontrar o desvio-padrão em todos os registos de no domínio, utilize a função Var ou VarP .

Nota: Alterações não guardadas aos registos no domínio não são incluídas quando utilizar estas funções. Se pretender que a função BDVAR ou BDVARP para ser com base nos valores alterados, tem primeiro de guardar as alterações ao clicar em Guardar registo em registos no separador dados , mover o foco para outro registo, ou ao utilizar o Actualização método.

Exemplo

Nota: Os exemplos seguintes demonstram a utilização desta função no módulo VBA (Visual Basic for Applications). Para obter mais informações sobre trabalhar com o VBA, selecione Referência para Programadores na lista pendente junto a Procurar e introduza um ou mais termos na caixa de pesquisa.

O exemplo seguinte devolve calcula a variância para uma população e uma amostra da população para encomendas enviadas para o Reino Unido. O domínio é uma tabela de encomendas. O argumento de critérios restringe o conjunto de registos resultante para o qual ShipCountryRegion é igual a Reino Unido.

Dim dblX As Double
Dim dblY As Double
' Sample estimate.
dblX = DVar("[Freight]", "Orders", _
"[ShipCountryRegion] = 'UK'")
' Population estimate.
dblY = DVarP("[Freight]", "Orders", _
"[ShipCountryRegion] = 'UK'")

O exemplo seguinte devolve estimativas utilizando uma variável, strCountryRegion, no argumento de critérios . Tenha em atenção que as aspas simples (') estão incluídas na expressão de cadeia, para que quando as cadeias encontram-se concatenados, a cadeia literal UK vai ser colocada entre aspas simples.

Dim strCountryRegion As String
Dim dblX As Double
strCountryRegion = "UK"
dblX = DVar("[Freight]", "Orders", _
"[ShipCountryRegion] = '" & strCountryRegion & "'")
Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×