Corrigir um erro #NULO!

Este erro é apresentado quando utiliza um operador de intervalo incorreto numa fórmula ou quando utiliza um operador de interseção (caráter de espaço) entre referências de intervalo para especificar uma interseção de dois intervalos que não intersetam. Uma interseção é um ponto numa folha de cálculo onde se cruzam, ou "intersetam", os dados existentes em dois ou mais intervalos.

Se utilizou um operador de intervalo incorreto, certifique-se de que utiliza:

  • Dois pontos (:) para separar a primeira célula da última célula quando referencia um intervalo contínuo de células numa fórmula. Por exemplo, SOMA(A1:A10) faz referência ao intervalo que inclui as células A1 a A10.

  • A vírgula (;), como operador de união quando referencia duas áreas que não se intersetam. Por exemplo, se a fórmula somar dois intervalos, certifique-se de que são separados por uma vírgula (SOMA(A1:A10;C1:C10)).

Se este erro aparecer porque utilizou um caráter de espaço entre intervalos que não se intersetam, altere as referências para que os intervalos se intersetem.

Por exemplo, na fórmula =CÉL(“endereço”,(A1:A5 C1:C3)), os intervalos A1:A5 e C1:C3 não se intersetam e a fórmula devolve o erro #NULO!. Se a alterar para =CÉL("endereço",(A1:A5 A3:C3)), a função CÉL devolve o endereço de célula na qual os dois intervalos se intersetam—célula A3.

Sugestão: Se a verificação de erros estiver ativada no Excel, pode clicar em Imagem de Botão junto à célula que mostra o erro. Clique em Mostrar Passos do Cálculo, se for apresentado, e escolha a solução adequada para os dados em questão.

Aumente os seus conhecimentos do Office
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×