Escolher entre a versão de 64 bits ou de 32 bits do Office

Se não tiver a certeza de que produto do Office tem, consulte Que versão do Office estou a utilizar? Caso contrário, selecione a sua versão do Office abaixo.

Já sei qual é a versão que pretendo. Como posso instalá-la?

A versão de 32 bits do Office é instalada automaticamente, a menos que selecione explicitamente a versão de 64 bits antes de iniciar o processo de instalação.

Para instalar a versão de 32 bits ou 64 bits do Office 2016, siga os passos no separador Passo a passo para PC para o seu produto do Office.

Importante : Se já tiver instalado a versão de 32 bits, mas quiser instalar a versão de 64 bits (ou vice-versa), tem de desinstalar a versão que não pretende utilizar antes de instalar a versão pretendida. Consulte Erro "Não foi possível instalar o Office (64 bits ou 32 bits)" ao tentar instalar.

Se ainda sabe qual é a versão (32 bits ou 64 bits) melhor opção para si, consulte a secção abaixo.

Razões para escolher a versão de 64 bits

Os computadores que utilizam as versões de 64 bits do Windows geralmente têm mais recursos, como a força do processador e a memória, do que os seus antecessores de 32 bits. Além disso, as aplicações de 64 bits podem aceder a mais memória que as aplicações de 32 bits (até 18,4 milhões de Petabytes). Por essa razão, se os seus cenários incluírem ficheiros grandes e/ou se trabalhar com grandes conjuntos de dados e o seu computador estiver a executar uma versão de 64 bits do Windows, a versão de 64 bits do Office será a sua melhor escolha quando:

  • Trabalha com grandes conjuntos de dados, como livros do Excel à escala empresarial com cálculos complexos, muitas tabelas dinâmicas, ligações a bases de dados externas, Power Pivot, Mapas 3D, Power View ou Obter e Transformar. A versão de 64 bits do Office poderá ter um melhor desempenho nesses casos. Consulte Especificações e limites do Excel, Especificação e limites do Modelo de Dados e Utilização da memória na edição de 32 bits do Excel.

  • Trabalha com imagens, vídeos ou animações extremamente grandes no PowerPoint. A versão de 64 bits do Office poderá adequar-se melhor a estes conjuntos de diapositivos complexos.

  • Trabalha com ficheiros com mais de 2 GB no Project, especialmente se o projeto tiver muitos subprojetos.

  • Está a desenvolver soluções do Office para utilização interna, como suplementos ou personalização a nível de documentos. Utilizar uma versão de 64 bits do Office permite-lhe fornecer uma versão de 64 bits dessas mesmas soluções, bem como uma versão de 32 bits. Os programadores de soluções do Office para utilização interna devem ter acesso à versão de 64 bits do Office 2016 para testarem e atualizarem essas soluções.

Razões para escolher a versão de 32 bits

Nota : Se tiver o Windows de 32 bits, só pode instalar o Office de 32 bits. Se tiver o Windows de 64 bits, pode instalar o Office de 32 bits ou o de 64 bits.

Os profissionais de TI e os programadores em particular também devem rever as seguintes situações em que a versão de 32 bits do Office continua a ser a melhor opção para si ou para a sua organização.

  • Tem suplementos COM de 32 bits sem uma versão alternativa de 64 bits. Pode continuar a executar os suplementos COM de 32 bits com a versão de 32 bits do Office na versão de 64 bits do Windows. Também pode experimentar contactar o fornecedor do suplemento COM e pedir uma versão de 64 bits.

  • Utiliza os controlos da versão de 32 bits sem uma versão de 64 bits alternativa. Pode continuar a executar os controlos com a versão de 32 bits do Windows na versão de 32 bits do Office, como os Controlos Comuns do Microsoft Windows (Mscomctl.ocx, comctl.ocx) ou controlos existentes de 32 bits de terceiros.

  • O seu código VBA utiliza instruções Declare A maioria do código VBA não precisa de ser alterado quando utiliza uma versão de 32 bits ou uma versão de 64 bits, a não ser que utilize as suas instruções Declare para chamar a API do Windows através de tipos de dados de 32 bits, como os dados long, para ponteiros e indicadores. Na maioria dos casos, adicionar PtrSafe ao Declare e substituir o tipo long por LongPtr irá tornar as instruções Declare compatíveis com as versões de 32 e de 64 bits. No entanto, esta ação pode não ser possível em casos raros em que não existe uma API de 64 bits para o Declare. Para obter mais informações sobre quais as alterações necessárias ao VBA para que o mesmo seja executado numa versão de 64 bits do Office, consulte 64-Bit Visual Basic for Applications Overview (Descrição geral da versão de 64 bits do Visual Basic for Applications).

  • Tem aplicações MAPI de 32 bits para o Outlook. Devido ao número crescente de clientes que utilizam a versão de 64 bits do Outlook, é recomendado compilar novamente os suplementos, macros ou aplicações MAPI de 32 bits para o Outlook de 64 bits. No entanto, caso necessário, pode continuar a executá-los apenas no Outlook de 32 bits. Para saber como preparar as aplicações do Outlook para as plataformas de 32 bits e de 64 bits, consulte Building MAPI Applications on 32-Bit and 64-Bit Platforms (Construir aplicações MAPI em plataformas de 32 bits e 64 bits)e Outlook MAPI Reference (Referência do MAPI para o Outlook).

  • Está a ativar um servidor ou objeto OLE de 32 bits. Pode continuar a executar a aplicação do seu Servidor OLE de 32 bits com uma versão de 32 bits do Office instalado.

  • Está a utilizar o SharePoint Server 2010 e precisa da vista Editar na Folha de Dados. Pode continuar a utilizar a vista Editar na Folha de Dados no SharePoint Server 2010 com a versão de 32 bits do Office.

  • Precisa da versão de 32 bits dos ficheiros de dados .mde, .ade e .accde do Microsoft Access. Embora possa compilar ficheiros .mde, .ade e .accde de 32 bits para os tornar compatíveis com 64 bits, pode continuar a executar os ficheiros .mde, .ade e .accde de 32 bits na versão de 32 bits do Access.

  • Precisa do Legacy Equation Editor ou de ficheiros WLL (suplemento de bibliotecas do Word) no Word. Pode continuar a utilizar o Legacy Word Equation Editor e a executar os ficheiros WLL na versão de 32 bits do Word.

  • Tem um ficheiro multimédia antigo incorporado na sua apresentação do PowerPoint sem codecs disponíveis para a versão de 64 bits.

Pronto para instalar?

Para instalar a versão de 32 bits ou 64 bits do Office 2016, siga os passos no separador Passo a passo para PC para o seu produto do Office em Transferir e instalar ou reinstalar o Office 365 ou o Office 2016 no seu PC.

Existem duas versões do Office 2013 disponíveis para instalação: a versão de 32 bits e a de 64 bits. Recomendamos a versão de 32 bits do Office para a maioria dos utilizadores, uma vez que é a versão mais compatível com outras aplicações, especialmente suplementos de terceiros. No entanto, pondere utilizar a versão de 64 bits, especialmente se estiver a trabalhar com grandes blocos de informações ou gráficos.

Sei que quero a versão de 64 bits. Como é que a instalo?

Para instalar o Office 2013, consulte Instalar o Office 2013.

Nota : Se já tiver instalado a versão de 32 bits, mas quiser instalar a versão de 64 bits (ou vice-versa), tem de desinstalar a versão que não pretende utilizar antes de instalar a versão pretendida. Consulte Erro "Não foi possível instalar o Office (64 bits ou 32 bits)" ao tentar instalar.

Se ainda não tem a certeza de qual é a melhor opção para si, consulte as secções abaixo.

Razões para escolher a versão de 64 bits

A versão de 64 bits do Office tem algumas limitações. No entanto, é uma boa opção quando:

  • Trabalha com conjuntos de dados muito extensos, como livros do Excel à escala empresarial com cálculos complexos, muitas tabelas dinâmicas, ligações a bases de dados externas, Power Pivot, Power Map ou Power View. A versão de 64 bits do Office poderá ter um melhor desempenho.

  • Trabalha com imagens, vídeos ou animações extremamente grandes no PowerPoint. A versão de 64 bits poderá adequar-se melhor a estes conjuntos de diapositivos complexos.

  • Trabalha com documentos do Word extremamente grandes. A versão de 64 bits pode adequar-se melhor a estes documentos do Word com tabelas, gráficos e outros objetos grandes.

  • Trabalha com ficheiros com mais de 2 GB (gigabytes) no Project 2013, especialmente se o projeto tiver vários subprojetos.

  • Quer manter a versão de 64 bits que já está a utilizar. As versões de 32 bits e 64 bits dos programas do Office não são compatíveis, por isso não pode instalar ambas no mesmo computador.

  • Está a desenvolver soluções para utilização interna, como suplementos ou personalizações a nível de documentos.

  • A sua organização requer que a Prevenção de Execução de Dados (DEP) do Hardware seja utilizada nas aplicações do Office. A DEP é um conjunto de tecnologias de hardware e software que algumas organizações utilizam para melhorar a segurança.

Se nenhuma destas situações se aplica a si, é provável que a versão de 32 bits seja a melhor opção.

Nota : A versão de 32 bits do Office funciona bem com a versão de 32 bits e com a versão de 64 bits do Windows. Se quiser instalar a versão de 64 bits do Office, precisa da versão de 64 bits do Windows. Se não pensa instalar no Windows, não precisa de se preocupar com as opções de 32 bits ou de 64 bits. Para determinar qual a versão do Office que está a utilizar, consulte Que versão do Office estou a utilizar?.

Se decidir mudar do Office de 32 bits para o Office de 64 bits, terá de desinstalar a versão de 32 bits primeiro e, em seguida, instalar a versão de 64 bits.

Razões para escolher a versão de 32 bits

A versão de 64 bits do Office poderá ter um melhor desempenho em alguns casos, mas precisa de conhecer as limitações. Os profissionais de TI e os programadores em particular devem analisar as seguintes situações, além de rever as ligações das descrições gerais. Se estas limitações afetarem o desempenho do seu computador, a versão de 32 bits é a melhor opção.

  • As soluções que utilizam controlos ComCtl não funcionam. Os programadores podem resolver este problema de diversas maneiras e fornecer-lhe uma solução adaptada ao sistema de 64 bits.

  • Os controlos ActiveX e suplementos de terceiros de 32 bits não funcionam. O fabricante terá de criar versões de 64 bits destes controlos.

  • O Visual Basic for Applications (VBA) que contenha declarações Declare não irá funcionar na versão de 64 bits do Office sem ser atualizado. Para obter mais informações sobre as alterações do VBA necessárias para a execução do mesmo na versão de 64 bits do Office, consulte 64-bit Visual Basic for Applications Overview (Descrição geral do Visual Basic for Applications para a versão de 64 bits).

  • As bases de dados compiladas do Access, como os ficheiros .MDE, .ADE e .ACCDE, não funcionam, a menos que tenham sido escritas especificamente para a versão de 64 bits do Office.

  • Tem aplicações MAPI de 32 bits para o Outlook. Devido ao número crescente de clientes que utilizam a versão de 64 bits do Outlook, é recomendado compilar novamente os suplementos, macros ou aplicações MAPI de 32 bits para o Outlook de 64 bits. Para obter mais informações sobre como preparar as aplicações do Outlook para as plataformas de 64 bits e de 32 bits, consulte Building MAPI Applications on 64-Bit and 64-Bit Platforms (Construir aplicações MAPI em plataformas de 32 bits e 64 bits) e Outlook MAPI Reference (Referência do MAPI para o Outlook).

  • No SharePoint 2010 ou anterior, a vista de folha de dados não estará disponível, uma vez que esta vista utiliza um controlo ActiveX.

  • O Microsoft Office Excel Viewer, o motor de base de dados do Access 2013 e o Compatibility Pack for Office system de 2007 bloqueiam a instalação da versão de 64 bits do Office 2013.

  • A funcionalidade legada Editor de Equações no Word não é suportada na versão de 64 bits do Office 2016, mas a funcionalidade Construtor de Equações no Word 2013 é suportada em todas as plataformas. Além disso, as WLL (bibliotecas de suplementos do Word) não são suportadas na versão de 64 bits do Office 2013.

Se tiver suplementos específicos que utiliza na versão de 32 bits do Office, estes poderão não funcionar no Office de 64 bits e vice-versa. Se tiver dúvidas, verifique a sua versão atual do Office antes de instalar a nova. Recomendamos que teste o suplemento com o Office de 64 bits ou verifique se está disponível uma versão de 64 bits do suplemento do programador.

Importante : Se for um administrador que está a implementar o Office, temos mais informações técnicas acerca da versão de 64 bits disponíveis no TechNet em 64-bit editions of Office 2013 (Edições de 64 bits do Office 2013).

Pronto para instalar?

Siga as instruções em:

Transferir e instalar ou reinstalar o Office 2013

O Office 2010 foi o primeiro produto do Office com as versões de 32 e de 64 bits. A versão de 32 bits do Office é instalada automaticamente. No entanto, a melhor versão para si depende de como planeia utilizar o Office. Se tiver suplementos específicos que utiliza na versão de 32 bits do Office, estes poderão não funcionar no Office de 64 bits e vice-versa. Se tiver dúvidas, verifique a sua versão atual do Office antes de instalar a nova. Recomendamos que teste o suplemento com o Office de 64 bits ou verifique se está disponível uma versão de 64 bits do suplemento do programador/fornecedor.

Sei que quero a versão de 64 bits. Como é que a instalo?

Para instalar o Office 2010, consulte Office 2010.

Se ainda não tem a certeza de qual é a melhor opção para si, consulte as secções abaixo.

Razões para escolher a versão de 64 bits

As vantagens de utilizar uma versão de 64 bits do Office 2010 estão listadas abaixo. No entanto, existem algumas limitações, como a incompatibilidade com determinados suplementos de versões antigas. É devido às limitações que a versão de 32 bits é instalada automaticamente (por predefinição), mesmo num sistema operativo Windows de 64 bits.

Se os seus cenários de trabalho incluírem ficheiros muito grandes e/ou se trabalhar com grandes conjuntos de dados e o seu computador estiver a executar uma versão de 64 bits do Windows, a versão de 64 bits do Office será a sua melhor escolha, especialmente quando:

  • Trabalha com um grande conjunto de dados, como livros do Excel à escala empresarial com cálculos complexos, muitas tabelas dinâmicas, ligações a bases de dados externas, Power Pivot, Mapas 3D, Power View ou Obter e Transformar. Uma vez que a versão de 64 bits do Office não impõe limites específicos no tamanho dos ficheiros, ao contrário da versão de 32 bits do Office que impõe um limite de 2 GB (gigabytes), poderá ter um melhor desempenho com grandes conjuntos de dados.

  • Trabalha com imagens, vídeos ou animações extremamente grandes no Microsoft Office PowerPoint. A versão de 64 bits do Office poderá adequar-se melhor a estes conjuntos de diapositivos complexos.

  • Trabalha com ficheiros que ocupam mais do que 2 GB (gigabytes) de espaço no Microsoft Office Project, especialmente se o projeto tiver muitos subprojetos.

  • Está a desenvolver soluções do Office para utilização interna, como suplementos ou personalizações a nível de documentos.

  • A sua organização requer que a Prevenção de Execução de Dados (DEP) do Hardware seja utilizada para as aplicações do Office. A DEP é um conjunto de tecnologias de hardware e software que algumas organizações utilizam para melhorar a segurança. Para os sistemas com a versão de 64 bits instalada, a DEP será sempre aplicada, enquanto na versão instalada de 32 bits terá de configurar a DEP através das definições.

  • Devido ao número crescente de clientes que utilizam a versão de 64 bits do Outlook, é recomendado compilar novamente as macros, suplementos ou aplicações MAPI de 32 bits para o Outlook de 64 bits. No entanto, caso necessário, pode continuar a executá-los apenas no Outlook de 32 bits.

Razões para escolher a versão de 32 bits

Se o seu computador estiver a executar a versão de 32 bits do Windows, terá de instalar a versão de 32 bits do Office 2010 (predefinição). Não pode instalar a versão de 64 bits do Office.

Sugestão : Para além de fornecer suporte para as versões de 32 bits do Windows, a versão de 32 bits do Office é suportada em computadores que executam as versões de 64 bits do Windows. O Office 2010 permite aos utilizadores continuar a utilizar os Controlos Microsoft ActiveX, os suplementos do modelo COM (Component Object Model) e o Visual Basic for Applications (VBA). Essas aplicações são principalmente de 32 bits porque as versões de 64 bits não estão disponíveis para muitos dos suplementos.

  • Se a sua organização precisa de continuar a utilizar extensões para o Office, como os controlos ActiveX, suplementos de terceiros, soluções internas criadas em versões antigas do Office ou versões de 32 bits de software com a interface diretamente no Office, recomendamos que utilize a versão de 32 bits do Office 2010 instalada automaticamente (x86) em computadores que executem tanto as versões de 32 bits como as de 64 bits suportadas pelos sistemas operativos Windows.

  • Utiliza os controlos da versão de 32 bits sem uma versão de 64 bits alternativa. Pode continuar a executar os controlos com a versão de 32 bits do Windows na versão de 32 bits do Office, como os Controlos Comuns do Microsoft Windows (Mscomctl.ocx, comctl.ocx) ou quaisquer controlos existentes de 32 bits de terceiros.

  • O seu código VBA utiliza instruções Declare. O Visual Basic for Applications (VBA) que contenha instruções Declare não irá funcionar na versão de 64 bits do Office sem ser atualizado.

  • No SharePoint Server 2010 ou anterior, a vista de folha de dados não está disponível. No entanto, pode continuar a utilizar a vista Editar na Folha de Dados no SharePoint Server 2010 com um cliente de 32 bits do Office.

  • As bases de dados compiladas do Access, como os ficheiros .MDE e .ACCDE, não funcionam, a menos que tenham sido escritas especificamente para a versão de 64 bits do Office.

  • Precisa da funcionalidade legada Editor de Equações ou de ficheiros WLL (bibliotecas de suplementos do Word) no Word. Pode continuar a utilizar a funcionalidade legada Editor de Equações (os ficheiros WLL foram preteridos na versão de 32 bits e não são suportados no Office 2010).

  • Não existem codecs (software utilizado para comprimir ou descomprimir um ficheiro de vídeo ou de áudio) disponíveis na versão de 64 bits para os três formatos multimédia do QuickTime. Desta forma, se tiver um ficheiro multimédia antigo incorporado numa apresentação do PowerPoint, precisará de utilizar a versão de 32 bits do Office.

Pronto para instalar?

Siga as instruções em:

Instalar o Office 2010

Consulte Também

Qual é o sistema operativo Windows que estou a executar?

Aumente os seus conhecimentos
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×