Criar uma nova base de dados

Este artigo aborda o processo básico de iniciação do Access e de criação de uma base de dados que será utilizada em computadores e não na Web. Explica como criar uma base de dados de ambiente de trabalho com um modelo e como criar uma base de dados de raiz com as suas próprias tabelas, relatórios e outros objetos de base de dados. Também explica algumas técnicas que podem ser utilizadas para colocar dados existentes na sua nova base de dados.

Neste artigo

Descrição Geral

Criar uma base de dados através de um modelo

Criar uma base de dados sem utilizar um modelo

Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access

Importar, anexar ou ligar a dados de outra origem

Adicionar uma peça de aplicação

Abrir uma base de dados do Access existente

Descrição Geral

A vista Microsoft Office Backstage é apresentada ao iniciar o Access pela primeira vez ou se fechar a base de dados sem fechar o Access.

A vista Backstage é um ponto de partida a partir do qual pode criar uma nova base de dados, abrir uma base de dados existente, ver conteúdos em destaque do Office.com  – tudo o que pode fazer com o Access a um ficheiro de base de dados ou fora de uma base de dados e não na base de dados.

Criar uma base de dados

Ao abrir o Access, a vista Backstage é apresentada no separador Novo. O separador Novo fornece várias formas de criar uma nova base de dados:

  • Uma base de dados em branco    Se quiser, pode começar de raiz. Esta é uma boa opção se tiver requisitos de estrutura específicos ou precisar de acomodar ou incorporar dados existentes.

  • Um modelo instalado com o Access    Considere utilizar um modelo se estiver a começar um novo projeto e quiser adiantar trabalho. O Access inclui vários modelos instalados por predefinição.

  • Um modelo do Office.com    Além dos modelos incluídos no Access, poderá encontrar muitos mais modelos no Office.com. Nem sequer tem de abrir um browser. Os modelos estão disponíveis no separador Novo.

Adicionar a uma base de dados

Quando estiver a trabalhar numa base de dados, pode adicionar campos, tabelas ou peças de aplicação.

As peças de aplicação são uma funcionalidade que lhe permite utilizar vários objetos relacionados com bases de dados em conjunto como se fossem apenas um. Por exemplo, uma peça de aplicação poderá consistir numa tabela e num formulário com base na tabela. Pode adicionar a tabela e o formulário ao mesmo tempo com uma peça de aplicação.

Também pode criar consultas, formulários, relatórios, macros – todos os objetos de bases de dados com os quais trabalha normalmente.

Criar uma base de dados através de um modelo

O Access inclui uma variedade de modelos que pode utilizar como estão ou como um ponto de partida. Um modelo é uma base de dados pronta a utilizar que contém todas as tabelas, consultas, formulários, macros e relatórios necessários para realizar uma tarefa específica. Por exemplo, existem modelos que pode utilizar para controlar problemas, gerir contactos ou manter um registo de despesas. Alguns modelos contêm alguns registos de exemplo para ajudar a demonstrar a sua utilização.

Se um destes modelos se adequar às suas necessidades, utilizá-lo é, geralmente, a forma mais rápida de começar a criar uma base de dados. No entanto, se quiser importar dados de outro programa para o Access, poderá optar por criar uma base de dados sem utilizar um modelo. Os modelos têm uma estrutura de dados já definida e poderá ser muito trabalhoso adaptar os seus dados existentes à estrutura do modelo.

  1. Se tiver uma base de dados aberta, no separador Ficheiro, clique em Fechar. A vista Backstage apresenta o separador Novo.

  2. Estão disponíveis vários conjuntos de modelos no separador Novo, alguns deles incorporados no Access. Pode transferir modelos adicionais do Office.com. Consulte a secção seguinte neste artigo para obter mais detalhes.

  3. Selecione o modelo que pretende utilizar.

  4. O Access sugere um nome de ficheiro para a sua base de dados na caixa Nome do Ficheiro. Se quiser, pode alterar o nome do ficheiro. Para guardar a base de dados numa pasta diferente da apresentada abaixo da caixa do nome do ficheiro, clique em imagem de botão , procure a pasta em que pretende guardar e, em seguida, clique em OK. Opcionalmente, pode criar e ligar a sua base de dados a um site do SharePoint.

    Nota : Apesar de ambas utilizarem o SharePoint, uma base de dados de ambiente de trabalho ligada a um site do SharePoint não é o mesmo que uma base de dados Web a utilizar os Serviços do Access. Para utilizar uma base de dados de ambiente de trabalho, tem de ter o Access instalado. Uma base de dados Web pode ser utilizada com um browser.

  5. Clique em Criar.

    O Access cria uma base de dados a partir do modelo que selecionar e, em seguida, abre a base de dados. Para muitos modelos, é apresentado um formulário no qual pode começar a introduzir dados. Se o seu modelo tiver dados de exemplo, pode eliminar os registos ao clicar no seletor de registos (a barra ou caixa sombreada à esquerda do registo) e, em seguida, seguir o seguinte procedimento:

    No separador Base, no grupo Registos, clique em Eliminar. Imagem de botão

  6. Para começar a introduzir dados, clique na primeira célula vazia no formulário e comece a escrever. Utilize o Painel de Navegação para procurar outros formulários ou relatórios que queira utilizar. Alguns modelos incluem um formulário de navegação que lhe permite alternar entre diferentes objetos de base de dados.

Para obter mais informações sobre como trabalhar com modelos, consulte o artigo Utilizar um modelo para criar uma base de dados de ambiente de trabalho do Access.

Início da Página

Criar uma base de dados sem utilizar um modelo

Se não quiser utilizar um modelo, pode criar uma base de dados ao criar a suas próprias tabelas, formulários, relatórios e outros objetos de base de dados. Na maioria dos casos, isto envolve uma ou ambas as seguintes opções:

  • Introduzir, colar ou importar dados para uma tabela criada ao começar uma nova base de dados e, em seguida, repetir o processo com novas tabelas criadas com o comando Tabela no separador Criar.

  • Importar dados de outras origens e criar novas tabelas durante o processo.

Criar uma base de dados em branco

  1. No separador Ficheiro, clique em Novo e, em seguida, em Base de Dados Em Branco.

  2. Escreva um nome de ficheiro na caixa Nome do Ficheiro. Para alterar a localização do ficheiro da predefinição, clique em Procurar uma localização para colocar a base de dados imagem de botão (junto à caixa Nome do Ficheiro), procure a nova localização e, em seguida, clique em OK.

  3. Clique em Criar.

    O Access cria a base de dados com uma tabela vazia com o nome Tabela1 e, em seguida, abre a Tabela1 na vista de Folha de Dados. O cursor é colocado na primeira célula vazia na coluna Clicar para Adicionar.

  4. Para adicionar dados, pode começar por escrever ou colar dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

O processo de introdução de dados na vista de Folha de Dados foi concebido para ser semelhante ao da folha de cálculo do Excel. A estrutura da tabela é criada à medida que introduz os dados. Ao adicionar uma nova coluna à folha de dados, é definido um novo campo na tabela. O Access define automaticamente o tipo de dados de todos os campos com base nos dados introduzidos.

Se não quiser introduzir dados na Tabela1 neste momento, clique em Fechar imagem de botão . Se efetuou alterações à tabela, o Access irá pedir-lhe que guarde as alterações. Clique em Sim para guardar as suas alterações, em Não para as ignorar ou em Cancelar para manter a tabela aberta.

Sugestão :  O Access procura um ficheiro com o nome Em Branco.accdb na pasta localizada em (unidade de instalação):\Programas\Microsoft Office\Modelos\1033\Access\. Se existir, Em Branco.accdb é o modelo para todas as suas novas bases de dados em branco, exceto as bases de dados Web. Todos os conteúdos incluídos são herdados por todas as novas bases de dados em branco. Esta é uma boa forma de distribuir conteúdos predefinidos, como números de peças ou exclusões de responsabilidades e políticas da empresa. Tenha em atenção que o modelo Em Branco.accdb não tem efeito na criação de novas bases de dados Web em branco.

Importante : Se fechar a Tabela1 sem guardar pelo menos uma vez, o Access elimina a tabela inteira, mesmo que tenha introduzido dados.

Adicionar uma tabela

Pode adicionar novas tabelas a uma base de dados existente com os comandos no grupo Tabelas, no separador Criar.

imagem do friso do access

Criar uma tabela a partir da vista de Folha de Dados    Na vista de Folha de Dados, pode introduzir dados imediatamente e permitir que o Access crie a estrutura da tabela nos bastidores. Os nomes dos campos são atribuídos numericamente (Campo1, Campo2, etc.) e o Access define automaticamente o tipo de dados de todos os campos com base nos dados introduzidos.

  1. No separador Criar, no grupo Tabelas, clique em Tabela. Imagem de botão

    O Access cria a tabela e seleciona a primeira célula vazia na coluna Clicar para Adicionar.

  2. No separador Campos, no grupo Adicionar e Eliminar, clique no tipo de campo que pretende adicionar. Se não vir o tipo pretendido, clique em Mais Campos imagem de botão .

  3. O Access apresenta uma lista dos tipos de campo frequentemente utilizados. Clique no tipo de campo pretendido e o Access adicionará o novo campo à folha de dados no ponto de inserção.

    Pode mover o campo ao arrastá-lo. Ao arrastar um campo numa folha de dados, é apresentada uma barra de inserção vertical onde o campo será colocado.

  4. Para adicionar dados, comece a escrever na primeira célula vazia ou cole dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

  5. Para mudar o nome de uma coluna (campo), faça duplo clique no cabeçalho da coluna e, em seguida, escreva o novo nome.

    Deve dar um nome relevante a cada campo, para que saiba o que contém quando o vir no painel Lista de Campos.

  6. Para mover uma coluna, clique no respetivo cabeçalho e, em seguida, arraste a coluna para a localização pretendida. Também pode selecionar várias colunas contíguas e, em seguida, arrastá-las para uma nova localização todas ao mesmo tempo. Para selecionar várias colunas contíguas, clique no cabeçalho da primeira coluna e, em seguida, enquanto mantém premida a tecla Shift, clique no cabeçalho da última coluna.

Criar uma tabela a partir da vista de Estrutura    Na vista de Estrutura, primeiro precisa de criar a estrutura da tabela. Em seguida, pode mudar para a vista de Folha de Dados para introduzir dados ou introduzi-los através de outro método, como colar ou importar.

  1. No separador Criar, no grupo Tabelas, clique em Estrutura da Tabela. Imagem de botão

  2. Para cada campo na sua tabela, escreva um nome na coluna Nome do Campo e, em seguida, selecione um tipo de dados da lista Tipo de Dados.

  3. Se quiser, pode escrever uma descrição para cada campo na coluna Descrição. A descrição será então apresentada na barra de estado quando o cursor estiver nesse campo na vista de Folha de Dados. A descrição também é utilizada como o texto da barra de estado para todos os controlos num formulário ou relatório criados ao arrastar o campo do painel Lista de Campos e para todos os controlos criados para esse campo ao utilizar o Assistente de Formulários ou Assistente de Relatórios.

  4. Depois de adicionar todos os seus campos, guarde a tabela:

    • No separador Ficheiro, clique em Guardar.

  5. Pode começar a introduzir dados na tabela em qualquer momento ao mudar para a vista de Folha de Dados e clicar na primeira célula vazia. Também pode colar dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

Definir as propriedades do campo na vista de Estrutura    Independentemente da forma como criou a sua tabela, recomendamos que examine e defina as propriedades do campo. Algumas propriedades estão disponíveis na vista de Folha de Dados, porém algumas propriedades apenas podem ser definidas na vista de Estrutura. Para mudar para a vista de Estrutura, clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e, em seguida, clique em Vista de Estrutura. Para ver as propriedades de um campo, clique no campo na grelha de estrutura. As propriedades são apresentadas abaixo da grelha de estrutura, em Propriedades do Campo.

Para ver uma descrição de cada propriedade do campo, clique na propriedade e leia a descrição na caixa junto à lista de propriedades em Propriedades do Campo. Pode obter informações mais detalhadas ao clicar no botão Ajuda.

A seguinte tabela descreve algumas das propriedades de campo que são frequentemente ajustadas.

Propriedade

Descrição

Tamanho do Campo

Para campos de texto, esta propriedade define o número máximo de carateres que podem ser armazenados no campo. O máximo é 255. Para os campos numéricos, esta propriedade define o tipo de número que será armazenado (Número Inteiro Longo, Duplo, etc.). Para um armazenamento de dados mais eficiente, recomenda-se que coloque o mínimo de espaço que acha que vai precisar para os dados. Pode aumentar o valor mais tarde, se precisar.

Formato

Esta propriedade define a forma como os dados são apresentados. Não afeta a forma como os dados reais estão armazenados no campo. Pode selecionar um formato predefinido ou introduzir um formato personalizado.

Máscara de Introdução

Utilize esta propriedade para especificar um padrão para todos os dados que serão introduzidos neste campo. Isto ajuda a garantir que todos os dados são introduzidos corretamente e que contêm o número de carateres obrigatório. Para obter ajuda sobre a criação de uma máscara de introdução, clique em Botão do Construtor à direita da caixa de propriedade.

Valor Predefinido

Utilize esta propriedade para especificar o valor predefinido que será apresentado neste campo sempre que um novo registo for adicionado. Por exemplo, se tiver um campo de Data/Hora no qual pretende registar sempre a data em que o registo foi adicionado, pode introduzir "Data()" (sem as aspas) como o valor predefinido.

Obrigatório

Esta propriedade define se um valor é obrigatório neste campo. Se definir esta propriedade para Sim, o Access não lhe permite adicionar um novo registo, a não ser que seja introduzido um valor neste campo.

Início da Página

Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access

Se os seus dados estiverem atualmente armazenados noutro programa, como o Excel, pode copiar e colar os mesmos numa tabela do Access. Geralmente, isto funciona melhor se os seus dados já estiverem separados em colunas, como numa folha de cálculo do Excel. Se os seus dados estiverem num programa de processamento de texto, recomendamos que separe as colunas de dados através de separadores ou que converta os dados numa tabela antes de os copiar. Se precisar de editar ou manipular os seus dados (por exemplo, separar nomes completos em nomes próprios e apelidos), recomenda-se que o faça antes de copiar os dados, especialmente se não estiver familiarizado com o Access.

Ao colar dados numa tabela vazia, o Access define o tipo de dados de cada campo consoante o tipo de dados que lá encontrar. Por exemplo, se um campo colado tiver apenas valores de data, o Access aplica o tipo de dados Data/Hora a esse campo. Se o campo colado tiver apenas as palavras "sim" e "não", o Access aplica o tipo de dados Sim/Não ao campo.

O Access atribui nomes aos campos consoante aquilo que encontra na primeira linha dos dados colados. Se a primeira linha dos dados colados tiver um tipo semelhante ao das linhas seguintes, o Access determina que a primeira linha faz parte dos dados e atribui nomes genéricos aos campos (F1, F2, etc.). Se a primeira linha de dados colados não for igual às linhas seguintes, o Access determina que a primeira linha consiste em nomes de campos. O Access atribui nomes aos campos em conformidade e não inclui a primeira linha nos dados.

Se o Access atribuir nomes genéricos aos campos, deve mudar o nome dos campos assim que for possível para evitar confusão. Utilize o seguinte procedimento:

  1. Prima Ctrl+G para guardar a tabela.

  2. Na vista de Folha de Dados, faça duplo clique no cabeçalho de cada coluna e, em seguida, introduza um nome de campo descritivo para cada coluna.

  3. Guarde a tabela novamente.

Nota : Também pode mudar o nome dos campos ao mudar para a vista de Estrutura e editar os nomes dos campos lá. Para mudar para a vista de Estrutura, clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e clique em Vista de Estrutura. Para voltar à vista de Folha de Dados, faça duplo clique na tabela no Painel de Navegação.

Início da Página

Importar, anexar ou ligar a dados de outra origem

Poderá querer importar dados armazenados noutro programa para uma nova tabela ou acrescentá-los a uma tabela existente no Access. Também poderá trabalhar com pessoas que guardam os respetivos dados noutros programas e querer trabalhar com estes no Access ao ligar-se aos mesmos. De qualquer forma, o Access torna mais fácil trabalhar com dados de outras origens. Pode importar dados de uma folha de cálculo do Excel, de uma tabela noutra base de dados do Access, de uma lista do SharePoint ou de muitas outras origens. O processo utilizado é ligeiramente diferente consoante a origem, mas o seguinte procedimento irá ajudá-lo a começar.

  1. No Access, no separador Dados Externos, no grupo Importar e Ligar, clique no comando do tipo de ficheiro que vai importar.

    Grupo Importar e Ligar no separador Dados Externos

    Por exemplo, se importar dados de uma folha de cálculo do Excel, clique em Excel. Se não vir o tipo de programa de que precisa, clique em Mais.

    Nota : Se não conseguir encontrar o formato correto no grupo Importar e Ligar, poderá ter de iniciar o programa em que criou os dados originalmente e, em seguida, utilizar esse programa para guardar os dados num formato de ficheiro comum (como um ficheiro de texto delimitado) antes de poder importar esses dados para o Access.

  2. Na caixa de diálogo Obter Dados Externos, clique em Procurar para encontrar o ficheiro de dados de origem ou escreva o caminho completo do ficheiro de dados de origem na caixa Nome do ficheiro.

  3. Clique na opção pretendida (todos os programas permitem importar e alguns permitem acrescentar ou ligar) em Especifique como e onde pretende armazenar os dados na base de dados atual. Pode criar uma nova tabela que utilize os dados importados ou (com alguns programas) pode acrescentar os dados a uma tabela existente ou criar uma tabela ligada que mantém uma ligação para os dados no programa de origem.

  4. Se um assistente for iniciando, siga as instruções nas páginas seguintes do assistente. Na última página do assistente, clique em Concluir.

    Se importar objetos ou ligar tabelas de uma base de dados do Access, será apresentada a caixa de diálogo Importar Objetos ou Ligar Tabelas. Selecione os itens pretendidos e, em seguida, clique em OK.

    O processo exato varia consoante a sua opção: importar, acrescentar ou ligar os dados.

  5. O Access pergunta-lhe se quer guardar os detalhes da operação de importação que acabou de concluir. Se acredita que irá efetuar esta mesma operação de importação no futuro, clique em Guardar passos de importação e, em seguida, introduza os detalhes. Poderá repetir a operação facilmente ao clicar em Importações Guardadas imagem de botão no grupo Importar e Ligar, no separador Dados Externos. Se não quiser guardar os detalhes da operação, clique em Fechar.

Se optar por importar uma tabela, o Access importa os dados para uma nova tabela e, em seguida, apresenta a tabela no grupo Tabelas no Painel de Navegação. Se optar por acrescentar dados a uma tabela existente, os dados são adicionados a essa tabela. Se optar por ligar a dados, o Access cria uma tabela ligada no grupo Tabelas no Painel de Navegação.

Início da Página

Adicionar uma peça de aplicação

Pode utilizar uma peça de aplicação para adicionar funcionalidades a uma base de dados existente. Uma peça de aplicação pode ser algo tão simples como uma única tabela ou pode incluir vários objetos, como uma tabela e um formulário vinculado.

Por exemplo, a peça de aplicação Comentários consiste numa tabela com um campo de ID de Numeração Automática, um campo de data e um campo de memorando. Pode adicioná-la a qualquer base de dados e utilizá-la como está ou personalizá-la.

  1. Abra a base de dados à qual pretende adicionar uma peça de aplicação.

  2. Clique no separador Criar.

  3. No grupo Modelos, clique em Peças de Aplicação. Será aberta uma lista de peças disponíveis.

  4. Clique na peça de aplicação que pretende adicionar.

Início da Página

Abrir uma base de dados do Access existente

  1. No separador Ficheiro, clique em Abrir.

  2. Na caixa de diálogo Abrir, procure a base de dados que pretende abrir.

  3. Efetue um dos seguintes procedimentos:

    • Faça duplo clique na base de dados para abrir a mesma no modo predefinido especificado na caixa de diálogo Opções do Access ou no modo que foi definido por uma política de administração.

    • Clique em Abrir para abrir a base de dados num ambiente de acesso partilhado entre múltiplos utilizadores para que você e os outros utilizadores possam ler e escrever na base de dados.

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir Como Só de Leitura para abrir a base de dados com acesso só de leitura, para poder vê-la mas não editá-la. Os outros utilizadores podem, ainda assim, ler e escrever na base de dados.

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir em Modo Exclusivo para abrir a base de dados com acesso exclusivo. Quando tem uma base de dados aberta com acesso exclusivo, qualquer pessoa que tente abrir a base de dados recebe a mensagem "ficheiro já em utilização".

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir Em Modo Exclusivo Só Para Leitura para abrir a base de dados com acesso só de leitura. Os outros utilizadores continuam a poder abrir a base de dados, mas estão limitados ao modo só de leitura.

Nota : Pode abrir um ficheiro de dados diretamente num formato de ficheiro externo (por exemplo, dBASE, Microsoft Exchange ou Excel). Também pode abrir diretamente qualquer origem de dados ODBC, como o Microsoft SQL Server. O Access cria automaticamente uma nova base de dados do Access na mesma pasta que o ficheiro de dados e adiciona ligações a cada tabela na base de dados externa.

Sugestões

  • Para abrir uma das bases de dados recentemente abertas, no separador Ficheiro, clique em Recentes e, em seguida, clique no nome do ficheiro dessa base de dados. O Access abre a base de dados com as mesmas definições de opção que utilizou da última vez que a abriu. Se a lista de ficheiros utilizados recentemente não for apresentada, no separador Ficheiro, clique em Opções. Na caixa de diálogo Opções do Access, clique em Definições de Cliente. Em Apresentar, introduza o número de documentos a apresentar na lista Documentos Recentes, até um máximo de 50.

    Também pode ver as bases de dados recentes na barra de navegação da vista Backstage, com apenas dois cliques: 1) no separador Ficheiro, 2) na base de dados que pretende abrir. Junto à parte inferior do separador Recentes, selecione a caixa de verificação Aceder rapidamente a este número de Bases de Dados Recentes e, em seguida, ajuste o número de bases de dados a apresentar.

  • Se estiver a abrir uma base de dados, ao clicar no comando Abrir, no separador Ficheiro, pode ver uma lista de atalhos para bases de dados que abriu anteriormente ao clicar em Os Meus Documentos Recentes na caixa de diálogo Abrir.

Início da Página

O que pretende fazer?

Conhecer a página Introdução ao Microsoft Office Access

Criar uma base de dados através de um modelo

Criar uma base de dados sem utilizar um modelo

Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access

Importar, anexar ou ligar a dados de outra origem

Abrir uma base de dados do Access existente

Criar um modelo em branco personalizado

Conhecer a página Introdução ao Microsoft Office Access

Ao iniciar o Access pela primeira vez ou fechar a base de dados sem fechar o Access, a página Introdução ao Microsoft Office Access é apresentada.

Página Introdução ao Microsoft Office Access

Esta página é um ponto de partida para criar uma base de dados nova, abrir uma base de dados existente ou ver conteúdos em destaque do Microsoft Office Online.

Criar uma base de dados através de um modelo

O Access oferece-lhe uma grande variedade de modelos que pode utilizar para acelerar o processo de criação de bases de dados. Um modelo é uma base de dados pronta a utilizar que contém todas as tabelas, consultas, formulários e relatórios necessários para desempenhar uma tarefa específica. Por exemplo, existem modelos que pode utilizar para controlar problemas, gerir contactos ou manter um registo de despesas. Alguns modelos contêm alguns registos de exemplo para ajudar a demonstrar a sua utilização. As bases de dados de modelo podem ser utilizadas como estão ou ser personalizadas para se adequarem melhor às suas necessidades.

Se um destes modelos se adequar às suas necessidades, utilizá-lo é, geralmente, a forma mais rápida de começar a criar uma base de dados. No entanto, se quiser importar dados de outro programa para o Access, poderá optar por criar uma base de dados sem utilizar um modelo. Os modelos têm uma estrutura de dados já definida e poderá ser muito trabalhoso adaptar os seus dados existentes à estrutura do modelo.

  1. Se tiver uma base de dados aberta, clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida clique em Fechar Bases de Dados imagem de botão para apresentar a página Introdução ao Microsoft Office Access.

  2. São apresentados vários modelos em destaque no centro da página Introdução ao Microsoft Office Access e ao clicar nas ligações no painel Categorias de Modelo são disponibilizados mais. Pode transferir modelos adicionais no site do Microsoft Office Online. Consulte a secção seguinte neste artigo para obter mais detalhes.

  3. Clique no modelo que pretende utilizar.

  4. O Access sugere um nome de ficheiro para a sua base de dados na caixa Nome do Ficheiro. Se quiser, pode alterar o nome do ficheiro. Para guardar a base de dados numa pasta diferente da apresentada abaixo da caixa do nome do ficheiro, clique em imagem de botão , procure a pasta em que pretende guardar e, em seguida, clique em OK. Opcionalmente, pode criar e ligar a sua base de dados a um site do SharePoint.

  5. Clique em Criar (ou Transferir para obter um modelo do Office).

    O Access cria ou transfere a base de dados e, em seguida, abre-a. É apresentado um formulário no qual pode começar a introduzir dados. Se o seu modelo tiver dados de exemplo, pode eliminar os registos ao clicar no seletor de registos (a barra ou caixa sombreada à esquerda do registo) e, em seguida, seguir o seguinte procedimento:

    No separador Base, no grupo Registos, clique em Eliminar. Imagem de botão

  6. Para começar a introduzir dados, clique na primeira célula vazia no formulário e comece a escrever. Utilize o Painel de Navegação para procurar outros formulários ou relatórios que queira utilizar.

Transferir um modelo do Office Online

Se não conseguir encontrar um modelo que se adeque às suas necessidades na página Introdução ao Microsoft Office Access e tiver ligação à Internet, pode explorar o site do Microsoft Office Online para ver uma maior seleção.

  1. Na página Introdução ao Microsoft Office Access, em Mais Sobre o Office Online, clique em Modelos.

    A home page dos Modelos no Office Online é apresentada na janela do seu browser.

  2. Utilize as ferramentas de pesquisa e navegação do Office Online para encontrar o modelo do Access que gostaria de utilizar e siga as instruções para o transferir. Ao transferir um modelo, um ficheiro de base de dados é transferido para o seu computador e aberto numa nova instância do Access. Na maioria dos casos, o modelo é concebido para abrir um formulário de introdução de dados para poder começar a introduzir dados imediatamente.

Para obter mais informações sobre como trabalhar com modelos, consulte o artigo Guia para os modelos do Access 2007.

Início da Página

Criar uma base de dados sem utilizar um modelo

Se não quiser utilizar um modelo, pode criar uma base de dados ao criar a suas próprias tabelas, formulários, relatórios e outros objetos de base de dados. Na maioria dos casos, isto envolve normalmente uma ou ambas as seguintes opções:

  • Introduzir, colar ou importar dados para uma tabela criada ao começar uma nova base de dados e, em seguida, repetir o processo com novas tabelas criadas com o comando Tabela no separador Criar.

  • Importar dados de outras origens e criar novas tabelas durante o processo.

Criar uma base de dados em branco
  1. Na página Introdução ao Microsoft Office Access, em Nova Base de Dados em Branco, clique em Base de Dados Vazia.

    Botão Base de Dados Vazia

  2. No painel Base de Dados Vazia, escreva um nome de ficheiro na caixa Nome do Ficheiro. Se não fornecer uma extensão de nome de ficheiro, o Access adiciona-a por si. Para alterar a localização do ficheiro a partir da predefinida, clique em Procurar uma localização para colocar a base de dados imagem de botão (junto à caixa Nome do Ficheiro), procure a nova localização e, em seguida, clique em OK.

  3. Clique em Criar.

    O Access cria a base de dados com uma tabela vazia com o nome Tabela1 e, em seguida, abre a Tabela1 na vista de Folha de Dados. O cursor é colocado na primeira célula vazia na coluna Adicionar Novo Campo.

  4. Para adicionar dados, pode começar por escrever ou colar dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

O processo de introdução de informações na vista de Folha de Dados foi concebido para ser semelhante ao utilizado numa folha de cálculo do Microsoft Office Excel 2007. A estrutura da tabela é criada à medida que introduz dados – sempre que adicionar uma nova coluna à tabela, é definido um novo campo. O Access define automaticamente o tipo de dados de todos os campos com base nos dados introduzidos.

Se não quiser introduzir informações na Tabela1 neste momento, clique em Fechar imagem de botão . Se efetuou alterações à tabela, o Access irá pedir-lhe que as guarde. Clique em Sim para guardar as suas alterações, em Não para as ignorar ou em Cancelar para manter a tabela aberta.

Importante : Se fechar a Tabela1 sem guardar pelo menos uma vez, o Access elimina a tabela inteira, mesmo que tenha introduzido dados.

Adicionar uma tabela

Pode adicionar novas tabelas a uma base de dados existente com os comandos no grupo Tabelas, no separador Criar.

Imagem do Friso do Access

Criar uma tabela a partir da vista de Folha de Dados    Na vista de Folha de Dados, pode introduzir dados imediatamente e permitir que o Access crie a estrutura da tabela nos bastidores. Os nomes dos campos são atribuídos numericamente (Campo1, Campo2, etc.) e o Access define automaticamente o tipo de dados de todos os campos com base nos dados introduzidos.

  1. No separador Criar, no grupo Tabelas, clique em Tabela. Imagem de botão

    O Access cria a tabela e seleciona a primeira célula vazia na coluna Adicionar Novo Campo.

    Nota : Se não vir uma coluna Adicionar Novo Campo, poderá estar na vista de Estrutura e não na vista de Folha de Dados. Para mudar para a vista de Folha de Dados, faça duplo clique na tabela no Painel de Navegação. O Access pede-lhe para guardar a nova tabela e, em seguida, muda para a vista de Folha de Dados.

  2. No separador Folha de Dados, no grupo Campos e Colunas, clique em Novo Campo. imagem de botão

    O Access apresenta o painel Modelos de Campo, que contém uma lista de tipos de campo utilizados frequentemente. Se fizer duplo clique ou arrastar um destes campos para a sua folha de dados, o Access adiciona um campo por esse nome e define as respetivas propriedades para valores adequados a esse tipo de campo. Se quiser, pode alterar as propriedades mais tarde. Se arrastar o campo, tem de o arrastar para a área da folha de dados que contém os dados. É apresentada uma barra de inserção vertical que lhe mostra onde o campo será colocado.

  3. Para adicionar dados, comece a escrever na primeira célula vazia ou cole dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

  4. Para mudar o nome de uma coluna (campo), faça duplo clique no cabeçalho da coluna e, em seguida, escreva o novo nome.

    Recomenda-se que dê um nome relevante a cada campo, para que saiba o que contém quando o vir no painel Lista de Campos.

  5. Para mover uma coluna, clique no respetivo cabeçalho e, em seguida, arraste a coluna para a localização pretendida.

    Também pode selecionar várias colunas contíguas e, em seguida, arrastá-las para uma nova localização todas ao mesmo tempo. Para selecionar várias colunas contíguas, clique no cabeçalho da primeira coluna e, em seguida, enquanto mantém premida a tecla Shift, clique no cabeçalho da última coluna.

Criar uma tabela a começar na vista de Estrutura    Na vista de Estrutura, tem de criar a estrutura da nova tabela em primeiro lugar. Em seguida, pode mudar para a vista de Folha de Dados para introduzir dados ou introduzi-los através de outro método, como colar ou importar.

  1. No separador Criar, no grupo Tabelas, clique em Estrutura da Tabela. Imagem de botão

  2. Para cada campo na sua tabela, escreva um nome na coluna Nome do Campo e, em seguida, selecione um tipo de dados da lista Tipo de Dados.

    Nota : Se não vir as colunas Nome do Ficheiro e Tipo de Dados, poderá estar na vista de Folha de Dados e não na vista de Estrutura. Para mudar para a vista de Estrutura, clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e, em seguida, clique em Vista de Estrutura Imagem de botão . O Access pede-lhe que atribua um nome à nova tabela e, em seguida, muda para a vista de Estrutura.

  3. Se quiser, pode escrever uma descrição para cada campo na coluna Descrição. A descrição será então apresentada na barra de estado quando o cursor estiver nesse campo na vista de Folha de Dados. A descrição também é utilizada como o texto da barra de estado para todos os controlos num formulário ou relatório criados ao arrastar o campo do painel Lista de Campos e para todos os controlos criados para esse campo ao utilizar o Assistente de Formulários ou Assistente de Relatórios.

  4. Depois de adicionar todos os seus campos, guarde a tabela:

    • Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Guardar ou prima Ctrl+G imagem de botão .

  5. Pode começar a introduzir dados na tabela em qualquer momento ao mudar para a vista de Folha de Dados e clicar na primeira célula vazia. Também pode colar dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

Criar uma tabela com um modelo    O Access fornece modelos para tipos de tabela utilizados frequentemente. Com um único clique, pode criar uma estrutura de tabela completa com os campos já configurados e prontos a utilizar. Se necessário, pode adicionar ou remover campos para que a tabela se adeque às suas necessidades.

  1. No separador Criar, no grupo Tabelas, clique em Modelos de Tabela e, em seguida, selecione um dos modelos disponíveis da lista.

  2. Para adicionar dados, comece a escrever na primeira célula vazia ou cole dados de outra origem, conforme descrito na secção Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access.

    • Para eliminar uma coluna    

      1. Clique com o botão direito do rato no cabeçalho de coluna e clique em Eliminar Coluna imagem de botão .

    • Para adicionar uma nova coluna    

      1. No separador Folha de Dados, no grupo Campos e Colunas, clique em Novo Campo. imagem de botão

      2. O Access apresenta o painel Modelos de Campo, que contém uma lista de tipos de campo utilizados frequentemente. Se fizer duplo clique ou arrastar um destes campos para a sua folha de dados, o Access adiciona um campo por esse nome e define as respetivas propriedades para valores adequados a esse tipo de campo. Se quiser, pode alterar as propriedades mais tarde. Se arrastar o campo, tem de o arrastar para a área da folha de dados que contém os dados. É apresentada uma barra de inserção vertical que lhe mostra onde o campo será colocado.

  3. Guardar uma tabela:

    • Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Guardar ou prima Ctrl+G imagem de botão .

Definir as propriedades do campo na vista de Estrutura    Independentemente da forma como criou a sua tabela, recomendamos que examine e defina as propriedades do campo. Isto só pode ser feito na vista de Estrutura. Para mudar para a vista de Estrutura, clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e, em seguida, clique em Vista de Estrutura. Para ver as propriedades de um campo, clique no campo na grelha de estrutura. As propriedades são apresentadas abaixo da grelha de estrutura, em Propriedades do Campo.

Para ver uma descrição de cada propriedade do campo, clique na propriedade e leia a descrição na caixa junto à lista de propriedades em Propriedades do Campo. Pode obter informações mais detalhadas ao premir F1.

A seguinte tabela descreve algumas das propriedades de campo que são frequentemente ajustadas.

Propriedade

Descrição

Tamanho do Campo

Para campos de texto, esta propriedade define o número máximo de carateres que podem ser armazenados no campo. O máximo é 255. Para os campos numéricos, esta propriedade define o tipo de número que será armazenado (Número Inteiro Longo, Duplo, etc.). Para um armazenamento de dados mais eficiente, recomenda-se que coloque o mínimo de espaço que acha que vai precisar para os dados. Pode aumentar o valor mais tarde, se precisar.

Formato

Esta propriedade define a forma como os dados são apresentados. Não afeta a forma como os dados reais estão armazenados no campo. Pode selecionar um formato predefinido ou introduzir um formato personalizado.

Máscara de Introdução

Utilize esta propriedade para especificar um padrão para todos os dados que serão introduzidos neste campo. Isto ajuda a garantir que todos os dados são introduzidos corretamente e que contêm o número de carateres obrigatório. Para obter ajuda sobre a criação de uma máscara de introdução, clique em Botão do Construtor à direita da caixa de propriedade.

Valor Predefinido

Utilize esta propriedade para especificar o valor predefinido que será apresentado neste campo sempre que um novo registo for adicionado. Por exemplo, se tiver um campo de Data/Hora no qual pretende registar sempre a data em que o registo foi adicionado, pode introduzir "Data()" (sem as aspas) como o valor predefinido.

Obrigatório

Esta propriedade define se um valor é obrigatório neste campo. Se definir esta propriedade para Sim, o Access não lhe permite adicionar um novo registo, a não ser que seja introduzido um valor neste campo.

Início da Página

Copiar dados de outra origem para uma tabela do Access

Se os seus dados estiverem atualmente armazenados noutro programa, como o Office Excel 2007, pode copiar e colar os mesmos numa tabela do Access. Geralmente, isto funciona melhor se os seus dados já estiverem separados em colunas, como numa folha de cálculo do Excel. Se os seus dados estiverem num programa de processamento de texto, recomendamos que separe as colunas de dados através de separadores ou que converta os dados numa tabela antes de os copiar. Se precisar de editar ou manipular os seus dados (por exemplo, separar nomes completos em nomes próprios e apelidos), recomenda-se que o faça antes de copiar os dados, particularmente se não estiver familiarizado com o Access.

Ao colar dados numa tabela vazia, o Access define o tipo de dados de cada campo consoante o tipo de dados que lá encontrar. Por exemplo, se um campo colado tiver apenas valores de data, o Access aplica o tipo de dados Data/Hora a esse campo. Se o campo colado tiver apenas as palavras "sim" e "não", o Access aplica o tipo de dados Sim/Não ao campo.

O Access atribui nomes aos campos consoante aquilo que encontra na primeira linha dos dados colados. Se a primeira linha dos dados colados tiver um tipo igual ao das linhas seguintes, o Access determina que a primeira linha faz parte dos dados e atribui nomes genéricos aos campos (F1, F2 e assim sucessivamente). Se a primeira linha de dados colados não for igual às linhas seguintes, o Access determina que a primeira linha consiste em nomes de campos. O Access atribui nomes aos campos em conformidade e não inclui a primeira linha nos dados.

Se o Access atribuir nomes genéricos aos campos, deve mudar o nome dos campos assim que for possível para evitar confusão. Utilize o seguinte procedimento:

  1. Guarde a tabela.

    • Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Guardar ou prima Ctrl+G imagem de botão .

  2. Na vista de Folha de Dados, faça duplo clique no cabeçalho de cada coluna e, em seguida, introduza um nome de campo válido para cada coluna. Poderá parecer que está a escrever por cima dos dados, mas a linha de cabeçalho da coluna contém nomes de campos e não dados.

  3. Guarde a tabela novamente.

Nota : Também pode mudar o nome dos campos ao mudar para a vista de Estrutura e editar os nomes dos campos lá. Para mudar para a vista de Estrutura, clique com o botão direito do rato na tabela no Painel de Navegação e clique em Vista de Estrutura. Para voltar à vista de Folha de Dados, faça duplo clique na tabela no Painel de Navegação.

Início da Página

Importar, anexar ou ligar a dados de outra origem

Poderá precisar de importar dados armazenados noutro programa para uma nova tabela ou acrescentá-los a uma tabela existente no Access. Também poderá trabalhar com pessoas que guardam os respetivos dados noutros programas e querer trabalhar com estes no Access ao ligar-se aos mesmos. De qualquer forma, o Access torna mais fácil trabalhar com dados de outras origens. Pode importar dados de uma folha de cálculo do Excel, de uma tabela noutra base de dados do Access, de uma lista do SharePoint ou de muitas outras origens. O processo utilizado é ligeiramente diferente consoante a origem, mas o seguinte procedimento irá ajudá-lo a começar.

  1. No Access, no separador Dados Externos, no grupo Importar, clique no comando do tipo de ficheiro que vai importar.

    Imagem do Friso do Access

    Por exemplo, se importar dados de uma folha de cálculo do Excel, clique em Excel. Se não vir o tipo de programa de que precisa, clique em Mais.

    Nota : Se não conseguir encontrar o formato correto no grupo Importar, poderá precisar de iniciar o programa em que criou os dados originalmente e, em seguida, utilizar esse programa para guardar os dados num formato de ficheiro comum (como um ficheiro de texto delimitado) antes de poder importar esses dados para o Access.

  2. Na caixa de diálogo Obter Dados Externos, clique em Procurar para encontrar o ficheiro de dados de origem ou escreva o caminho completo do ficheiro de dados de origem na caixa Nome do ficheiro.

  3. Clique na opção pretendida (todos os programas permitem importar e alguns permitem acrescentar ou ligar) em Especifique como e onde pretende armazenar os dados na base de dados atual. Pode criar uma nova tabela que utilize os dados importados ou (com alguns programas) pode acrescentar os dados a uma tabela existente ou criar uma tabela ligada que mantém uma ligação para os dados no programa de origem.

  4. Se um assistente for iniciando, siga as instruções nas páginas seguintes do assistente. Na última página do assistente, clique em Concluir.

    Se importar objetos ou ligar tabelas de uma base de dados do Access, será apresentada a caixa de diálogo Importar Objetos ou Ligar Tabelas. Selecione os itens pretendidos e clique em OK.

    O processo exato varia consoante a sua opção: importar, acrescentar ou ligar os dados.

  5. O Access pergunta-lhe se quer guardar os detalhes da operação de importação que acabou de concluir. Se acredita que irá efetuar esta mesma operação de importação no futuro, clique em Guardar passos de importação e, em seguida, introduza os detalhes. Mais tarde, poderá repetir a operação facilmente ao clicar em Importações Guardadas imagem de botão no grupo Importar, no separador Dados Externos. Se não quiser guardar os detalhes da operação, clique em Fechar.

Se optar por importar uma tabela, o Access importa os dados para uma nova tabela e, em seguida, apresenta a tabela no grupo Tabelas no Painel de Navegação. Se optar por acrescentar dados a uma tabela existente, os dados são adicionados a essa tabela. Se optar por ligar a dados, o Access cria uma tabela ligada no grupo Tabelas no Painel de Navegação.

Início da Página

Abrir uma base de dados do Access existente
  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Abrir.

  2. Na caixa de diálogo Abrir, procure a base de dados que pretende abrir.

  3. Efetue um dos seguintes procedimentos:

    • Faça duplo clique na base de dados para abrir a mesma no modo predefinido especificado na caixa de diálogo Opções do Access ou no modo que foi definido por uma política de administração.

    • Clique em Abrir para abrir a base de dados num ambiente de acesso partilhado entre múltiplos utilizadores para que você e os outros utilizadores possam ler e escrever na base de dados.

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir Como Só de Leitura para abrir a base de dados com acesso só de leitura, para poder vê-la mas não editá-la. Os outros utilizadores podem, ainda assim, ler e escrever na base de dados.

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir em Modo Exclusivo para abrir a base de dados com acesso exclusivo. Quando tem uma base de dados aberta com acesso exclusivo, qualquer pessoa que tente abrir a base de dados recebe a mensagem "ficheiro já em utilização".

    • Clique na seta junto ao botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir Em Modo Exclusivo Só Para Leitura para abrir a base de dados com acesso só de leitura. Os outros utilizadores continuam a poder abrir a base de dados, mas estão limitados ao modo só de leitura.

Se não conseguir localizar a base de dados que pretende abrir    

  1. Na caixa de diálogo Abrir, clique em O Meu Computador ou clique em O Meu Computador na lista pendente Procurar em.

  2. Na lista de unidades, clique com o botão direito do rato na unidade em que acredita que está a base de dados e, em seguida, clique em Procurar.

  3. Escreva os seus critérios de pesquisa na caixa de diálogo Resultados da Pesquisa e, em seguida, clique em Procurar para procurar a base de dados.

  4. Se a base de dados for encontrada, faça duplo clique para a abrir.

  5. Tem de clicar em Cancelar na caixa de diálogo Abrir para que a base de dados seja aberta. Em seguida, feche a caixa de diálogo Resultados da Pesquisa.

Nota : Pode abrir um ficheiro de dados diretamente num formato de ficheiro externo (por exemplo, dBASE, Paradox, Microsoft Exchange ou Excel). Também pode abrir diretamente qualquer origem de dados ODBC, como o Microsoft SQL Server ou Microsoft FoxPro. O Access cria automaticamente uma nova base de dados do Access na mesma pasta que o ficheiro de dados e adiciona ligações a cada tabela na base de dados externa.

Sugestões
  • Para abrir uma das bases de dados abertas recentemente, clique no nome do ficheiro dessa base de dados na lista Abrir Base de Dados Recente na página Introdução ao Microsoft Office Access. O Access abre a base de dados com as mesmas definições de opção que utilizou da última vez que a abriu. Se a lista de ficheiros utilizados recentemente não for apresentada, clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Opções do Access. Na caixa de diálogo Opções do Access, clique em Avançadas. Em Apresentar, introduza o número de documentos a apresentar na lista Documentos Recentes, até um máximo de nove.

  • Se estiver a abrir uma base de dados, ao clicar no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, utilizar o comando Abrir, pode ver uma lista de atalhos para bases de dados que abriu anteriormente ao clicar em Os Meus Documentos Recentes na caixa de diálogo Abrir.

Início da Página

Criar um modelo em branco personalizado

Ao criar uma nova base de dados em branco, o Access abre uma nova tabela na qual pode introduzir dados, mas não cria outros objetos nesta base de dados. Se quiser que outros objetos (por exemplo: formulários, relatórios, macros ou tabelas adicionais) sejam apresentados em todas as bases de dados que cria, pode criar um modelo em branco personalizado que contenha esses objetos. Assim, quando voltar a criar uma nova base de dados, está irá conter esses objetos no seu modelo. Além desses objetos, o modelo pode incluir tabelas previamente preenchidas com dados, bem como quaisquer definições de configuração especiais, propriedades da base de dados, referências ou códigos que queira ter em todas as novas bases de dados.

Por exemplo, imagine que tem uma coleção de macros que gostaria de utilizar em todos os seus projetos. Se criar um modelo em branco com essas macros, o Access irá incluí-las em todas as bases de dados novas que criar.

Pode criar modelos em branco no formato de ficheiro do Office Access 2007, no formato de ficheiro do Access 2002–2003 ou no formato de ficheiro do Access 2000. O modelo tem de ter o nome Em Branco.accdb para o formato de ficheiro do Office Access 2007 e Em Branco.mdb para os formatos mais antigos.

  • Se o formato de ficheiro predefinido for o do Access 2000 ou Access 2002 – 2003, o nome do ficheiro do modelo em branco dado pelo Access será Em Branco.mdb. A nova base de dados é criada no mesmo formato de ficheiro que o Em Branco.mdb. Por exemplo, mesmo que o seu formato de ficheiro predefinido seja o do Access 2000, se o modelo com o nome Em Branco.mdb estiver no formato de ficheiro do Access 2002–2003, todas as novas bases de dados criadas estarão no formato do Access 2002-2003.

  • Se o seu formato de ficheiro predefinido estiver definido para o do Access 2007, o nome do ficheiro do modelo em branco dado pelo Access será Em Branco.mdb.

Como posso alterar o formato de ficheiro predefinido?

  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, clique em Opções do Access.

  2. Na caixa de diálogo Opções do Access, clique em Popular.

  3. Em Criar bases de dados, selecione o formato pretendido na lista pendente Formato de ficheiro predefinido.

Para criar um modelo em branco, efetue um dos seguintes procedimentos:

  • Crie uma nova base de dados (pode atribuir-lhe o nome Em Branco ou um nome temporário) e, em seguida, importe ou crie os objetos que pretende incluir no modelo.

  • Efetue uma cópia de uma base de dados existente que já contenha os objetos pretendidos no modelo e, em seguida, elimine quaisquer objetos que não queira.

Quando tiver os objetos pretendidos no modelo, tem de guardá-lo numa localização específica.

  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem de botão do Office e, em seguida, em Guardar Como.

  2. Em Guardar a base de dados noutro formato, clique no formato de ficheiro que pretende para o modelo.

  3. Na caixa de diálogo Guardar Como, procure uma ou ambas as seguintes pastas de modelos:

    • Pasta de modelos do sistema    Por exemplo, C:\Programas\Microsoft Office\Modelos\1033\Access

    • Pasta de modelos de utilizador    Por exemplo:

      • No Windows Vista    C:\Utilizadores\nome de utilizador\AppData\Roaming\Microsoft\Modelos

      • No Microsoft Windows Server 2003 ou Microsoft Windows XP    C:\Documentos e Definições\nome de utilizador\Dados da Aplicação\Microsoft\Modelos

        Nota : Um modelo em branco na pasta de modelos do sistema substitui modelos em branco em qualquer pasta de modelos de utilizador.

  4. Na caixa Nome do ficheiro, escreva Em Branco.accdb (ou Em Branco.mdb, se estiver a criar um modelo de versão anterior) e clique em Guardar.

Agora que o novo modelo está na localização correta, ao criar uma nova base de dados em branco, os objetos no modelo estão incluídos em qualquer nova base de dados criada por predefinição. O Access abre uma nova tabela na vista de Folha de Dados, tal como quando cria novas bases de dados em branco sem utilizar um modelo.

Para parar de utilizar o modelo em branco, elimine ou mude o nome do ficheiro Em Branco.accdb (ou Em Branco.mdb para versões mais antigas do Access).

Início da Página

Aumente os seus conhecimentos
Explore as formações
Seja o primeiro a obter novas funcionalidades
Adira ao Office Insider

As informações foram úteis?

Obrigado pelos seus comentários!

Obrigado pelo seu feedback! Parece que poderá ser benéfico reencaminhá-lo para um dos nossos agentes de suporte do Office.

×