Recurso do painel nos Serviços PerformancePoint

Os Serviços PerformancePoint do Microsoft SharePoint Server 2010 fornecem vários recursos novos e aprimorados para ajudá-lo a monitorar e analisar o desempenho da sua organização. Você pode usar painéis que incluem KPIs (indicadores chave de desempenho) mais sofisticados em scorecards. Pode também usar novos relatórios, como o relatório de detalhes de KPI. Além disso, é possível abrir uma árvore hierárquica baseada em um valor de um relatório analítico ou de um scorecard. É possível também aplicar filtros de valor, como o filtro "10 primeiros", para exibir informações mais específicas sobre alguns tipos de scorecards e relatórios.

Leia este artigo para saber mais sobre as novidades em painéis do PerformancePoint.

Neste artigo

Melhorias em KPIs e scorecards

Scorecards que possuem recursos para fazer drill down e drill up

Scorecards que possuem KPIs em colunas

Scorecards que possuem KPIs mais sofisticados

Métrica Calculada

Vários Valores Reais

Inteligência de Dados Temporais

Variance

Novos modos de exibição e tipos de relatório

Relatório de Detalhes de KPI

Gráficos analíticos de pizza

Árvore Hierárquica

Filtros de valor

Filtros de valor 10 Primeiros

Filtros de valor especificados pelo usuário

Melhorias em KPIs e scorecards

Os scorecards do PerformancePoint agora incluem KPIs mais sofisticados e outros recursos avançados para facilitar o monitoramento e a análise do desempenho organizacional. Por exemplo, você pode usar as opções Fazer Drill Down e Fazer Drill Up para exibir níveis inferiores ou superiores de detalhes dos seus scorecards. Também pode scorecards que tenham KPIs em colunas ou outros mais avançados que usem Inteligência de Dados Temporais, métricas calculadas e vários valores reais para medir o desempenho.

Scorecards que possuem recursos para fazer drill down e drill up

Dependendo de como o seu scorecard está configurado, você pode expandir ou recolher linhas no scorecard para ver níveis inferiores ou superiores de detalhes.

Por exemplo, um scorecard que mede a lucratividade de vendas em diferentes produtos de uma organização varejista pode ter a seguinte aparência:

Um scorecard do PerformancePoint que tem mais de um KPI em colunas

Se você quiser visualizar o próximo nível de detalhes de uma categoria em particular, como JOGOS E BRINQUEDOS, clique no sinal de adição (+) ao lado dessa categoria, e o scorecard será automaticamente expandido para mostrar o próximo nível de detalhes. O scorecard possivelmente terá esta aparência:

Serviços PerformancePoint

Você pode continuar expandindo o scorecard até chegar ao nível mais inferior de detalhes. A imagem a seguir mostra a subcategoria Baixar Jogos expandida para listar produtos individuais, que é o nível mais inferior de detalhes desse scorecard.

Serviços PerformancePoint

No exemplo anterior, as categorias, as subcategorias e os produtos individuais são populados dinamicamente. Ou seja, à medida que os dados são alterados, o scorecard permanece atualizado para mostrar os dados atuais.

Além de clicar no sinal de adição (+) ou de subtração (-) ao lado de um item no scorecard, você também pode usar os comandos Fazer Drill Down e Fazer Drill Up, como mostra a imagem a seguir:

Serviços PerformancePoint

Para usar os comandos Fazer Drill Up ou Fazer Drill Down, clique com o botão direito do mouse em um item e depois clique em Fazer Drill Up ou Fazer Drill Down.

Use Fazer Drill Up para exibir um nível superior de detalhes.

Use Fazer Drill Down para exibir um nível inferior de detalhes.

Início da página

Scorecards que possuem KPIs em colunas

Agora há scorecards que incluem vários KPIs em colunas, permitindo que você exiba mais de um conjunto de métricas para cada linha no seu scorecard. Um scorecard com KPIs em colunas pode ter a seguinte aparência:

Um scorecard do PerformancePoint que tem mais de um KPI em colunas

No exemplo anterior, o scorecard contém dois KPIs em colunas: Desempenho de Vendas e Margens de Vendas.

Início da página

Scorecards que possuem KPIs mais sofisticados

Agora é possível usar scorecards que contêm KPIs mais avançados. Por exemplo, você pode ter os seguintes tipos de KPIs: 1) KPIs que usam fórmulas e cálculos para medir o desempenho (pressupõe-se que esses KPIs usem métricas calculadas); 2) KPIs que comparam vários valores com um destino geral (pressupõe-se que esses KPIs usem vários valores reais); 3) KPIs que usam fórmulas especiais para mostrar informações sobre períodos de tempo dinâmicos, como "Últimos Seis Meses" ou "Desde o Início do Ano" (pressupõe-se que esses KPIs usem Inteligência de Dados Temporais); 4) KPIs que mostram o quanto o desempenho está distante de uma meta (pressupõe-se que esses KPIs exibam a Variância).

Embora você possa ter KPIs avançados em seus scorecards, eles podem continuar sendo simples e fáceis de usar. Por exemplo, um scorecard que inclui esses KPIs sofisticados pode ter a seguinte aparência:

Um scorecard do PerformancePoint que tem mais de um KPI em colunas

Métrica Calculada

Na imagem a seguir, o KPI Margens de Vendas está realçado. Esse KPI usa métricas calculadas para determinar se o desempenho está perto ou longe do destino.

Serviços PerformancePoint

Quando a métrica calculada é usada em KPIs, o SharePoint Server aplica uma ou mais fórmulas aos dados à medida que eles são recuperados do(s) banco(s) de dados subjacente(s). Esse recurso também permite o uso de várias fontes de dados em um único KPI.

Vários Valores Reais

Na imagem a seguir, o KPI Desempenho de Vendas está realçado. Esse KPI usa vários valores reais para determinar se o desempenho geral está perto ou longe do destino.

Serviços PerformancePoint

Inteligência de Dados Temporais

Na imagem a seguir, uma coluna do KPI Desempenho de Vendas está realçada. Esse KPI usa a Inteligência de Dados Temporais para mostrar o desempenho Desde o Início do Ano.

Serviços PerformancePoint

Com o passar do tempo, o scorecard permanece atualizado sem que o administrador do painel precise fazer qualquer alteração nele ou em suas consultas subjacentes.

Variância

Na imagem a seguir, uma coluna do KPI Margens de Vendas está realçada. Esse KPI está configurado para mostrar se o desempenho está perto ou longe do destino e acima ou abaixo da meta.

Serviços PerformancePoint

Início da página

Novos modos de exibição e tipos de relatório

Agora você pode usar três novos tipos de modo de exibição do PerformancePoint nos seus painéis: o relatório Detalhes do KPI, os gráficos analíticos de pizza e a Árvore Hierárquica.

Relatório de Detalhes de KPI

Você pode usar um relatório de Detalhes de KPI em seu painel para exibir informações adicionais sobre KPIs de scorecard, como, por exemplo:

  • Os tipos de métrica que são usados para KPIs

  • Como as pontuações de desempenho são calculadas e quais os limites para pontuações individuais

  • Comentários postados por outros usuários do scorecard

Um relatório de Detalhes de KPI pode ter a seguinte aparência:

Um relatório de Detalhes de KPI fornece informações adicionais sobre valores em um scorecard do PerformancePoint

Um relatório de Detalhes de KPI vem sempre acompanhado por um scorecard em uma página de painel. Isso porque todas as informações exibidas no relatório de Detalhes de KPI são determinadas pelos itens nos quais você clica no scorecard. Para exibir informações em um relatório de Detalhes de KPI, clique em qualquer valor em um scorecard. Para ver como as pontuações são calculadas em um scorecard, clique em uma célula em uma coluna de valor Destino.

Início da página

Gráficos analíticos de pizza

Agora você pode usar gráficos analíticos de pizza em seus painéis. Assim como ocorre com um gráfico analítico de linhas ou de barras, você pode usar um gráfico analítico de pizza para exibir níveis inferiores ou superiores de detalhes. Também pode analisar detalhadamente os dados para exibir uma dimensão diferente no cubo de dados do SQL Server Analysis Services subjacente.

Um gráfico analítico de pizza pode ter a seguinte aparência:

Gráfico analítico de pizza do PerformancePoint

Árvore Hierárquica

Você pode abrir uma Árvore Hierárquica para explorar dados em alguns tipos de scorecards e relatórios. A Árvore Hierárquica está disponível como uma ação que pode ser aplicada a scorecards e relatórios analíticos do PerformancePoint que usam dados do Analysis Services.

Normalmente, você usaria uma Árvore Hierárquica para ver como um valor individual em um relatório ou scorecard pode ser dividido por seus membros colaboradores. A Árvore Hierárquica classifica automaticamente os resultados e aplica um gráfico Pareto embutido aos dados, para que você possa ver rapidamente os maiores colaboradores em um determinado valor de relatório. Também é possível visualizar tendências em membros individuais que contribuem para um valor geral.

Observação:  Para abrir e usar a Árvore Hierárquica, você deve ter o Microsoft Silverlight 2 ou o Silverlight 3 instalado no computador. Observe também que, dependendo da configuração do scorecard ou do modo de exibição analítico, você talvez não consiga abrir a Árvore Hierárquica.

Para abrir a Árvore Hierárquica, clique com o botão direito do mouse em um valor individual, como um ponto em um gráfico de linhas, uma barra em um gráfico de barras, uma cunha em um gráfico de pizza ou uma célula em uma grade ou em um scorecard. Em seguida, selecione Árvore Hierárquica. A Árvore Hierárquica é aberta em uma nova janela, na qual você pode fazer drill down para o próximo nível de detalhes ou analisar detalhadamente os dados para exibir uma dimensão diferente do cubo de dados.

Uma Árvore Hierárquica pode ter a seguinte aparência:

Exibição analítica que está disponível nos Serviços PerformancePoint

Usando a Árvore Hierárquica, você também pode exibir propriedades do membro referentes a um determinado membro de dimensão, como mostra a imagem a seguir:

Serviços PerformancePoint

Início da página

Filtros de valor

Além dos filtros de valor que podem ser vistos na parte superior de uma página de painel, agora é possível aplicar filtros de valor à maioria dos relatórios e scorecards. Há dois grupos principais de filtros de valor disponíveis para itens de painel do PerformancePoint: os filtros de valor 10 Primeiros e os filtros de valor especificados pelo usuário.

  • Filtros de valor 10 Primeiros. Use o filtro de valor 10 Primeiros para exibir o número de primeiros (ou últimos) membros de um grupo. Você pode manter a configuração padrão de 10 ou pode especificar outro número de itens a serem exibidos.

  • Filtros de valor especificados pelo usuário. Use filtro de valor para especificar critérios para os itens que você deseja exibir. Por exemplo, é possível configurar o filtro para exibir itens com valores menores (ou maiores) do que um valor numérico especificado. Ou você pode configurar o filtro para exibir itens com valores pertencentes a um determinado intervalo especificado.

É possível aplicar o filtro de valor 10 Primeiros e filtros de valor especificados pelo usuário à maioria dos itens de painel.

Dica:  Quando você aplica filtros de valor a relatórios e scorecards, suas alterações não são salvas no SharePoint Server. Convém exportar os resultados para o Microsoft PowerPoint ou o Microsoft Excel para salvar o trabalho.

Filtros de valor 10 Primeiros

Como o nome sugere, o filtro de valor 10 Primeiros permite que você exiba facilmente os resultados dos 10 melhores membros de um determinado grupo. Entretanto, não existe necessariamente uma restrição para exibir apenas os 10 Primeiros membros em um grupo. É possível especificar critérios para eles. Por exemplo, você pode configurar esse filtro para mostrar os 10 Últimos itens em um grupo ou pode digitar um número diferente para exibição, como os 3 Primeiros (ou Últimos) itens.

O filtro de valor 10 Primeiros permite que você se concentre apenas nos itens que deseja ver em um painel. Por exemplo, suponha que você esteja usando um gráfico analítico que mostre os valores das vendas para diferentes categorias de produto. Dependendo do número de categorias vendidas pela sua organização, seu gráfico analítico pode ter a seguinte aparência:

Serviços PerformancePoint

Você pode facilmente aplicar filtros de valor para simplificar as informações nesse relatório. Por exemplo, pode usar um filtro 10 Primeiros para exibir apenas os 10 grupos de produtos mais vendidos. Para fazer isso, clique com o botão direito do mouse no gráfico, clique em Filtro e depois em 10 Primeiros. Seu gráfico será atualizado para exibir os resultados, como mostra imagem a seguir:

Serviços PerformancePoint

Início da página

Filtros de valor especificados pelo usuário

Assim como os filtros de valor 10 Primeiros, os filtros de valor especificados pelo usuário permitem que você exiba facilmente informações referentes a determinados itens em um relatório ou scorecard. São chamados de "filtros de valor especificados pelo usuário" porque é você que especifica os critérios. Por exemplo, suponha que esteja usando um gráfico analítico que mostre os valores das vendas para diferentes categorias de produto e que o seu gráfico tenha a seguinte aparência:

Serviços PerformancePoint

Se você estiver interessado em vendas de produtos que estejam dentro de um determinado intervalo e não necessariamente nos itens mais ou menos vendidos, poderá aplicar um filtro de valor especificado pelo usuário. Para fazer isso, clique com o botão direito do mouse na exibição analítica, clique em Filtro e depois em Filtros de Valor. Uma caixa de diálogo Filtro de Valor é aberta, na qual você pode especificar os resultados que deseja ver, como mostra a imagem a seguir:

Exibição analítica criada com o uso dos Serviços PerformancePoint

Início da página

Expanda suas habilidades no Office
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×