Personalizar os relatórios de análise de uso do Microsoft 365

Observação: Desejamos fornecer o conteúdo da Ajuda mais recente no seu idioma da forma mais rápida possível. Esta página foi traduzida de forma automatizada e pode conter imprecisões ou erros gramaticais. Nosso objetivo é que este conteúdo seja útil para você. As informações foram úteis? Dê sua opinião no final desta página. Aqui está o artigo em inglês para facilitar a referência.

Análise de uso do Microsoft 365 fornece um painel do Power BI que oferece ideias sobre como os usuários adotarem e usam o Office 365. O painel é apenas um ponto de partida para interagir com os dados de uso. Os relatórios podem ser personalizados para obtenção de informações mais personalizada.

Você também pode usar a área de trabalho do Power BI para personalizar ainda mais seus relatórios conectando-os a outras fontes de dados para obter informações mais detalhadas sobre sua empresa.

Personalizando relatórios no navegador

Os dois exemplos a seguir mostram como modificar um visual existente e como criar um novo visual.

Modifique um visual existente

Este exemplo mostra como modificar o relatório da Visão geral da adoção.

  1. No topo do painel, na área de Entendendo a adoção, aponte para o cartão de visão geral da Adoção e, em seguida, clique nele.

  2. Na navegação superior, clique em Editar relatório.

    Clique em Editar relatório na navegação superior direita
  3. No canto superior direito, clique em Duplicar esta página.

    Escolha Duplicar esta página
  4. No canto superior direito do relatório, clique na barra de título do gráfico Visão geral da adoção.

  5. Na área Visualizações à direita, na coluna FirstTimeUsers, clique no X à direta para removê-lo.

  6. No canto superior direito da Visão geral da adoção, clique no ícone visual Pin e na caixa de diálogo, clique em Pin > Painel existente.

  7. Na parte superior do navegador, no breadcrumb, clique no link Adoção do Office 365 para retornar ao painel.

  8. Se for solicitado a salvar as alterações no relatório, clique em Não salvar.

  9. Navegue até a parte inferior do painel para localizar o visual que você acabou de salvar.

  10. Arraste-o para o topo do painel.

  11. Você pode, opcionalmente, excluir o cartão original Visão geral da adoção, clicando nas reticências no canto superior direito do cartão e, em seguida, escolhendo Excluir.

Criar um novo visual

O exemplo a seguir mostra como criar um novo visual para rastrear novos usuários do Yammer mensalmente.

  1. Na área de Comunicação do painel, clique no cartão Yammer – Qualquer usuário ativo e, na navegação superior, clique em Editar relatório.

  2. Na parte inferior, clique no ícone nova página O botão Adicionar página no Power BI para criar uma nova página.

  3. Na área Visualizações à direita, clique no gráfico de colunas empilhadas (linha superior, segundo a partir da esquerda).

    Escolha o gráfico de barras empilhadas nas visualizações no Power BI
  4. Clique na parte inferior direita dessa visualização e arraste para ampliá-la.

  5. Na área Campos à direita, expanda a tabela Calendário.

  6. Arraste MonthName para a área de campos, diretamente abaixo do cabeçalho Eixo na área Visualizações.

  7. Na área Campos à direita, expanda a tabela TenantProductUsage.

  8. Arraste FirstTimeUsers para a área de campos, diretamente abaixo do cabeçalho Valor.

    Captura de tela que mostra os valores de visualizações personalizadas
  9. Arraste Produto para a área Filtros, diretamente abaixo do cabeçalho Filtros de nível visual.

  10. Na área Tipo de filtro que aparece, selecione a caixa de seleção Yammer.

  11. Logo abaixo da lista de visualizações, clique no ícone Formato. Ícone Formatar nas visualizações do Power BI

  12. Expanda o título e altere o valor do Título do Texto para Usuários do Yammer pela primeira vez por mês.

  13. Altere o valor do Tamanho do texto para 12.

  14. No canto superior direito do visual, clique no ícone visual Pin e na caixa de diálogo, clique em Pin > Painel existente.

  15. Na parte superior do navegador, no breadcrumb, clique no link Adoção do Office 365 para retornar ao painel.

  16. Navegue até a parte inferior do painel para localizar o visual que você acabou de salvar.

Personalizar os relatórios na área de trabalho do Power BI

Para a maioria dos clientes, modificar os relatórios e os gráficos visuais na Web do Power BI será suficiente. Para alguns, porém, pode haver necessidade de juntar esses dados a outras fontes de dados para obter informações mais complexas e contextuais para seus próprios negócios, caso em que eles podem personalizar e criar relatórios adicionais usando a Área de trabalho do Power BI. Você pode baixar a Área de trabalho do Power BI gratuitamente.

Use as APIs de relatórios

Você pode começar conectando-se diretamente às APIs de relatórios ODATA do Office 365 que alimentam esses relatórios.

  1. Vá até obter dados > Outros > Feed ODATA > Conectar.

  2. Na janela de URL, insira https://reports.office.com/pbi/v1.0/<tenantid>

    Observação: As APIs de relatórios estão no modo de prévia e sujeitas a alterações até serem lançadas em produção.

    URL de feed OData para a área de trabalho do Power BI
  3. Insira seu Office 365 (empresa ou escola) credenciais de administrador para autenticar Office 365 quando solicitado.

    Confira as Perguntas Frequentes (FAQ) para obter mais informações sobre quem tem permissão para acessar os relatórios do pacote de conteúdo de Adoção do Office 365.

  4. Uma vez que a conexão é autorizada, você verá a janela do Navegador que mostra os conjuntos de dados disponíveis para se conectar.

    Selecione todos e clique em Carregar.

    Isso baixará os dados em sua Área de trabalho do Power BI. Salve este arquivo e então você poderá começar a criar os relatórios de que precisa.

    Captura de tela dos valores ODATA disponíveis na API de relatórios

Usar o modelo de análise de uso do Microsoft 365

Você também pode usar o arquivo de modelo de Power BI que corresponde aos relatórios de análise de uso do Microsoft 365 como ponto de partida para se conectar aos dados. A vantagem de usar o arquivo de pbit é que ela tem a cadeia de conexão já estabelecida. Você também pode tirar proveito de todas as medidas personalizados criados, sobre os dados que o esquema base retorna e desenvolvê-lo ainda mais.

Você pode baixar o arquivo de modelo de Power BI do Centro de download da Microsoft aqui. Depois de baixar o arquivo de modelo de Power BI siga estas etapas para começar:

  1. Abra o arquivo .pbit.

  2. Digite o valor da ID do locatário na caixa de diálogo.

    Insira a ID do locatário para abrir o arquivo .pbit
  3. Digite suas credenciais de administrador para autenticar para o Office 365 quando solicitado.

    Consulte as perguntas Frequentes para obter mais informações sobre quem tem permissão para acessar os relatórios de análise de uso do Microsoft 365.

    Uma vez autorizado, os dados serão atualizados no arquivo Power BI.

    A carga de dados pode levar algum tempo, uma vez concluída, você pode salvar o arquivo como um arquivo .pbix e continuar a personalizar os relatórios ou trazer uma fonte de dados adicional para este relatório.

  4. Siga a documentação Introdução ao Power BI para entender como criar relatórios, publicá-los no serviço do Power BI e compartilhar com sua organização. Seguir esse caminho para personalização e compartilhamento pode exigir licenças adicionais do Power BI. Confira as diretrizes de licenciamento do Power BI para obter mais detalhes.

Tópicos Relacionados

Análise de uso do Microsoft 365
análise de uso de habilitar Microsoft 365
Navegando e utilizando os relatórios de análise de uso do Microsoft 365
usuário ativo nos relatórios de uso do Office 365
Solução de problemas de análise de uso do Microsoft 365
modelo de dados de análise de uso do Microsoft 365

Expanda suas habilidades no Office
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×