Corrigir um erro #NULO!

Esse erro é mostrado quando você usa um operador de intervalo incorreto em uma fórmula ou quando usa um operador de interseção (caractere de espaço) entre referências de intervalo para especificar uma interseção de dois intervalos que não forma uma interseção. Uma interseção é um ponto em uma pasta de trabalho em que os dados de dois ou mais intervalos se cruzam.

Se você usou um operador de intervalo incorreto, use:

  • Dois-pontos (:) para separar a primeira célula da última célula ao se referir a um intervalo contínuo de células em uma fórmula. Por exemplo, SOMA(A1:A10) se refere ao intervalo que inclui as células A1 à A10.

  • Uma vírgula (,) como o operador de união ao fazer referência a duas áreas que não formam uma interseção. Por exemplo, se a fórmula soma dois intervalos, verifique se a vírgula separa os dois intervalos (SOMA(A1:A10,C1:C10)).

Se você receber esse erro porque usou um caractere de espaço entre intervalos que não formam uma interseção, altere as referências para que os intervalos formem uma interseção.

Por exemplo, na fórmula =CÉL (“endereço”,(A1:A5 C1:C3)), os intervalos A1:A5 e C1:C3 não formam uma interseção, e a fórmula retorna o erro #NULO!. Se você a alterar para =CÉL(“endereço”,(A1:A5 A3:C3)), a função CÉL retornará o endereço de célula em que os dois intervalos de células formam uma interseção — a célula A3.

Dica: Se a verificação de erro estiver ligada no Excel, você poderá clicar em Imagem do botão ao lado da célula que mostra o erro. Clique em Mostrar Etapas de Cálculo se não estiver disponível e escolha a resolução que funcione para seus dados.

Expanda suas habilidades no Office
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×