Reparando uma pasta de trabalho corrompida

Quando você abrir uma pasta de trabalho que tenha sido corrompida, o Excel iniciará automaticamente o modo Recuperação de Arquivo e tentará reabrir e reparar, simultaneamente, a pasta de trabalho

O Excel não pode sempre iniciar o modo de Recuperação de Arquivo automaticamente. Se não conseguir abrir uma pasta de trabalho porque ela foi corrompida, você poderá tentar repará-la manualmente.

Você também poderá tentar outros métodos para recuperar dados de pasta de trabalho quando a reparação de uma pasta de trabalho não for bem-sucedida. Como medida de prevenção, convém salvar a pasta de trabalho com frequência e criar uma cópia de backup sempre que a salvar. Ou você pode especificar que o Excel crie automaticamente um arquivo de recuperação em intervalos específicos. Assim, você terá acesso a uma cópia válida da pasta de trabalho, se o original for excluído acidentalmente ou for corrompida.

Reparar manualmente uma pasta de trabalho corrompida

  1. Na guia Arquivo, clique em Abrir.

  2. No Excel 2013 ou no Excel 2016, clique no local em que a planilha está e clique em Procurar.

  3. Na caixa de diálogo Abrir, selecione a pasta de trabalho corrompida que você deseja abrir.

  4. Clique na seta ao lado do botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir e Reparar.

  5. Siga um destes procedimentos:

    • Para recuperar o máximo possível de dados da pasta de trabalho, clique em Reparar.

    • Para extrair valores e fórmulas da pasta de trabalho caso o reparo não tenha êxito, clique em Extrair Dados.

Recuperar dados de uma pasta de trabalho corrompida

Os métodos a seguir podem ajudá-lo a resgatar dados que possam ser perdidos. Se um método não for bem-sucedido, você poderá tentar outro. Você também poderá usar soluções de software de terceiros para tentar recuperar dados de pasta de trabalho, se não puder recuperar os dados usando esses métodos.

Importante : Se um erro de disco ou de rede impossibilitar a abertura de uma pasta de trabalho, mova a pasta para outra unidade de disco rígido ou da rede para um disco local antes de ocupar seu tempo tentando qualquer uma das opções de recuperação a seguir.

  • Para recuperar os dados caso a pasta de trabalho tenha sido aberta no Excel, siga um dos procedimentos a seguir:

    • Reverter a pasta de trabalho para a última versão salva     Se você estiver editando uma planilha e a pasta de trabalho for corrompida antes de salvar as alterações, você pode recuperar a planilha original revertendo-a para a última versão salva.

      Para reverter a pasta de trabalho para a última versão salva, siga estes procedimentos:

      1. Na guia Arquivo, clique em Abrir.

      2. Clique duas vezes no nome da pasta de trabalho aberta no Excel.

      3. Clique em Sim para reabrir a pasta de trabalho.

        Observação : A pasta de trabalho será revertida para sua última versão salva. Todas as alterações que possam ter tornado a pasta de trabalho corrompida foram descartadas. Para saber mais sobre como recuperar versões anteriores de uma pasta de trabalho, confira Salvar e recuperar arquivos do Office automaticamente.

    • Salvar a pasta de trabalho no formato SYLK (Symbolic Link)    Ao salvar a pasta de trabalho no formato SYLK, é possível remover os elementos corrompidos. Geralmente, o formato SYLK é utilizado para remover danos na impressora.

      Para salvar a pasta de trabalho no formato SYLK, siga estes procedimentos:

      1. Clique na guia Arquivo e em Salvar como.

      2. Na lista Salvar como tipo, clique em SYLK (vínculo simbólico) e, em seguida, clique em Salvar.

        Observação : Quando você usa o formato de arquivo SYLK, é salva apenas a planilha ativa da pasta de trabalho.

      3. Se você receber um aviso informando que o tipo de arquivo selecionado não oferece suporte a pastas de trabalho que contenham várias planilhas, clique em OK para salvar apenas a planilha ativa.

      4. Se uma mensagem informar que a pasta de trabalho pode conter recursos que não são compatíveis com o formato SYLK, clique em Sim.

      5. Na guia Arquivo, clique em Abrir.

      6. Selecione o arquivo .slk que você salvou e clique em Abrir.

        Observação : Para ver o arquivo .slk, talvez seja necessário, na lista Arquivos do tipo, clicar em Todos os Arquivos ou em Arquivos SYLK.

      7. Na guia Arquivo, clique em Salvar como.

      8. Na caixa Salvar como tipo, clique em Pasta de Trabalho do Excel.

      9. Na caixa Nome do arquivo, digite um novo nome para a pasta de trabalho, a fim de criar uma cópia sem substituir a pasta de trabalho original, e clique em Salvar.

        Observação : Como esse formato salva apenas a planilha ativa na pasta de trabalho, você deve abrir várias vezes a pasta de trabalho corrompida e salvar cada planilha separadamente.

  • Para recuperar os dados caso não seja possível abrir a pasta de trabalho no Excel, siga um destes procedimentos:

    • Definir a opção de cálculo do Excel para manual    Para abrir uma pasta de trabalho, tente alterar a configuração de cálculo de automático para manual. Como a pasta de trabalho não será recalculada, talvez ela seja aberta.

      Para definir a opção de cálculo do Excel como manual, siga um destes procedimentos:

      1. Verifique se uma nova pasta de trabalho em branco está aberta no Excel. Se uma nova pasta de trabalho em branco não estiver aberta, faça o seguinte:

    • Na guia Arquivo, clique em Novo.

    • Em Modelos Disponíveis, clique em Pasta de Trabalho em Branco.

      1. Na guia Arquivo, clique em Opções.

      2. Na categoria Fórmulas, nas opções Cálculo, clique em Manual.

      3. Clique em OK.

      4. Na guia Arquivo, clique em Abrir.

      5. Selecione a pasta de trabalho corrompida e, em seguida, clique em Abrir.

    • Usar referências externas para vincular à pasta de trabalho corrompida    Se quiser recuperar somente dados e não fórmulas nem valores calculados da pasta de trabalho, você poderá usar referências externas para vincular à pasta de trabalho corrompida.

      Para usar referências externas a fim de vincular à pasta de trabalho corrompida, siga estes procedimentos:

      1. Na guia Arquivo, clique em Abrir.

      2. Selecione a pasta que contém a pasta de trabalho corrompida, copie o nome do arquivo da pasta de trabalho corrompida e clique em Cancelar.

      3. Clique na guia Arquivo e em Novo.

      4. Em Modelos Disponíveis, clique em Pasta de Trabalho em Branco.

      5. Na célula A1 da nova pasta de trabalho, digite =Nome do Arquivo!A1, em que o Nome do Arquivo é o nome da pasta de trabalho corrompida que você copiou na etapa 2 e pressione Enter.

        Dica : Você só precisa inserir o nome da pasta de trabalho. Não é necessário digitar a extensão do nome do arquivo.

      6. Se a caixa de diálogo Atualizar Valores for exibida, selecione a pasta de trabalho corrompida e clique em OK.

      7. Se a caixa de diálogo Selecionar Planilha for exibida, selecione a planilha adequada e clique em OK.

      8. Selecione a célula A1.

      9. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique em Copiar.

      10. Selecione uma área, iniciando na célula A1, aproximadamente do mesmo tamanho que o intervalo de células que contém os dados da pasta de trabalho corrompida.

      11. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique em Colar.

      12. Com o intervalo de células ainda selecionado, na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique novamente em Copiar.

      13. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique na seta abaixo de Colar e, em Colar Valores, clique em Valores.

        Observação : A colagem de valores remove os vínculos para a pasta de trabalho corrompida e deixa somente os dados.

    • Usar uma macro para extrair os dados de uma pasta de trabalho corrompida     Se houver um gráfico vinculado à pasta de trabalho corrompida, você poderá usar uma macro para extrair do gráfico os dados de origem.

      Para usar uma macro, siga estes procedimentos:

      1. Digite código de macro a seguir em uma planilha de módulo:

        Sub GetChartValues() 
        Dim NumberOfRows As Integer
        Dim X As Object
        Counter = 2
        ' Calculate the number of rows of data.
        NumberOfRows = UBound(ActiveChart.SeriesCollection(1).Values)
        Worksheets("ChartData").Cells(1, 1) = "X Values"
        ' Write x-axis values to worksheet.
        With Worksheets("ChartData")
        .Range(.Cells(2, 1), _
        .Cells(NumberOfRows + 1, 1)) = _
        Application.Transpose(ActiveChart.SeriesCollection(1).XValues) 
        End With
        ' Loop through all series in the chart and write their values to
        ' the worksheet.
        For Each X In ActiveChart.SeriesCollection
        Worksheets("ChartData").Cells(1, Counter) = X.Name
        With Worksheets("ChartData")
        .Range(.Cells(2, Counter), _ 
        .Cells(NumberOfRows + 1, Counter)) = _
        Application.Transpose(X.Values)
        End With
         Counter = Counter + 1
        Next
        End Sub
      2. Insira uma nova planilha em sua pasta de trabalho e dê-lhe o nome de ChartData.

      3. Selecione o gráfico do qual você deseja extrair os valores dos dados subjacentes.

      4. Observação : O gráfico pode ser inserido em uma planilha ou em uma planilha de gráfico separada.

      5. Execute a macro GetChartValues.

      6. Os dados do gráfico serão colocados na planilha ChartData.

Salvar automaticamente uma cópia de backup de uma pasta de trabalho

Salvar automaticamente uma cópia de backup da pasta de trabalho ajuda a garantir que você tenha acesso a uma cópia válida da pasta de trabalho, se o original for excluído acidentalmente ou for corrompido.

  1. Na guia Arquivo, clique em Salvar como.

  2. No Excel 2013 ou no Excel 2016, clique no local em que a planilha está e clique em Procurar.

  3. Clique na seta suspensa ao lado de Ferramentas, localizada ao lado do botão Salvar, e clique em Opções Gerais.

  4. Marque a caixa de seleção Sempre criar backup.

Para saber mais sobre como salvar e recuperar versões anteriores de uma pasta de trabalho, bem como informações sobre como recuperar novas pastas de trabalho (não salvas anteriormente), confira Recuperar arquivos do Office.

Criar automaticamente um arquivo de recuperação em intervalos específicos

Configurar o Excel para criar periodicamente um arquivo de recuperação da pasta de trabalho ajuda a garantir que você tenha acesso a uma cópia válida da pasta de trabalho, se o original for excluído acidentalmente ou for corrompido.

  1. Na guia Arquivo, clique em Opções.

  2. Na categoria Salvar, em Salvar pastas de trabalho, marque a caixa de seleção Salvar informações de AutoRecuperação a cada e insira um número de minutos.

  3. Na caixa Local do arquivo de AutoRecuperação, insira o local em que deseja salvar o arquivo de recuperação.

  4. Certifique-se de que a caixa de seleção Desabilitar a AutoRecuperação para esta pasta de trabalho apenas não esteja marcada.

Para saber mais sobre como salvar e recuperar versões anteriores de uma pasta de trabalho, bem como informações sobre como recuperar novas pastas de trabalho (não salvas anteriormente), confira Recuperar arquivos do Office.

Reparar manualmente uma pasta de trabalho corrompida

  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Abrir.

  2. Na caixa de diálogo Abrir, selecione a pasta de trabalho corrompida que você deseja abrir.

  3. Clique na seta ao lado do botão Abrir e, em seguida, clique em Abrir e Reparar.

  4. Siga um destes procedimentos:

    • Para recuperar o máximo possível de dados da pasta de trabalho, clique em Reparar.

    • Para extrair valores e fórmulas da pasta de trabalho caso o reparo não tenha êxito, clique em Extrair Dados.

Recuperar dados de uma pasta de trabalho corrompida

Os métodos a seguir podem ajudá-lo a resgatar dados que possam ser perdidos. Se um método não for bem-sucedido, você poderá tentar outro. Você também poderá usar soluções de software de terceiros para tentar recuperar dados de pasta de trabalho, se não puder recuperar os dados usando esses métodos.

Importante : Se um erro de disco ou de rede impossibilitar a abertura de uma pasta de trabalho, mova a pasta para outra unidade de disco rígido ou da rede para um disco local antes de ocupar seu tempo tentando qualquer uma das opções de recuperação a seguir.

  • Para recuperar os dados caso a pasta de trabalho tenha sido aberta no Excel, siga um dos procedimentos a seguir:

    • Reverter a pasta de trabalho para a última versão salva     Se você estiver editando uma planilha e a pasta de trabalho for corrompida antes de salvar as alterações, você pode recuperar a planilha original revertendo-a para a última versão salva.

      Para reverter a pasta de trabalho para a última versão salva, siga estes procedimentos:

      1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Abrir.

      2. Clique duas vezes no nome da pasta de trabalho que você abriu no Excel.

      3. Clique em Sim para reabrir a pasta de trabalho.

        Observação : A pasta de trabalho será revertida para sua última versão salva. Todas as alterações que possam ter tornado a pasta de trabalho corrompida foram descartadas.

    • Salvar a pasta de trabalho no formato SYLK (Symbolic Link)    Ao salvar a pasta de trabalho no formato SYLK, é possível remover os elementos corrompidos. Geralmente, o formato SYLK é utilizado para remover danos na impressora.

      Para salvar a pasta de trabalho no formato SYLK, siga estes procedimentos:

      1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e aponte para a seta ao lado de Salvar Como.

      2. Na lista Salvar como tipo, clique em SYLK (vínculo simbólico) e, em seguida, clique em Salvar.

        Observação : Quando você usa o formato de arquivo SYLK, é salva apenas a planilha ativa da pasta de trabalho.

      3. Se você receber um aviso informando que o tipo de arquivo selecionado não oferece suporte a pastas de trabalho que contenham várias planilhas, clique em OK para salvar apenas a planilha ativa.

      4. Se uma mensagem informar que a pasta de trabalho pode conter recursos que não são compatíveis com o formato SYLK, clique em Sim.

      5. Clique no Botão Microsoft Office Imagem do botão do Office e, em seguida, clique em Fechar.

      6. Se uma mensagem solicitar se deve salvar as alterações feitas, clique em Sim.

      7. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Abrir.

      8. Selecione o arquivo .slk que você salvou e clique em Abrir.

        Observação : Para ver o arquivo .slk, talvez seja necessário, na lista Arquivos do tipo, clicar em Todos os Arquivos ou em Arquivos SYLK.

      9. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e aponte para a seta ao lado de Salvar Como.

      10. Na caixa Salvar como tipo, clique em Pasta de Trabalho do Excel.

      11. Na caixa Nome do arquivo, digite um novo nome para a pasta de trabalho, a fim de criar uma cópia sem substituir a pasta de trabalho original, e clique em Salvar.

        Observação : Como esse formato salva apenas a planilha ativa na pasta de trabalho, você deve abrir várias vezes a pasta de trabalho corrompida e salvar cada planilha separadamente.

  • Para recuperar os dados caso não seja possível abrir a pasta de trabalho no Excel, siga um destes procedimentos:

    • Definir a opção de cálculo do Excel para manual    Para abrir uma pasta de trabalho, tente alterar a configuração de cálculo de automático para manual. Como a pasta de trabalho não será recalculada, talvez ela seja aberta.

      Para definir a opção de cálculo do Excel como manual, siga um destes procedimentos:

      1. Verifique se uma nova pasta de trabalho em branco está aberta no Excel. Se uma nova pasta de trabalho em branco não estiver aberta, faça o seguinte:

        1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Novo.

        2. Em Novo Documento em Branco, clique em Documento em branco.

      2. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Opções do Excel.

      3. Na categoria Fórmulas, nas opções Cálculo, clique em Manualmente.

      4. Clique em OK.

      5. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Abrir.

      6. Selecione a pasta de trabalho corrompida e, em seguida, clique em Abrir.

    • Usar referências externas para vincular à pasta de trabalho corrompida    Se quiser recuperar somente dados e não fórmulas nem valores da pasta de trabalho, você pode usar referências externas para vincular à pasta de trabalho corrompida.

      Para usar referências externas a fim de vincular à pasta de trabalho corrompida, siga estes procedimentos:

      1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Abrir.

      2. Na caixa Examinar, selecione a pasta que contém a pasta de trabalho corrompida e clique em Cancelar.

      3. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e, em seguida, clique em Novo.

      4. Em Novo Documento em Branco, clique em Documento em branco.

      5. Na célula A1 da nova pasta de trabalho, digite =Nome do Arquivo!A1, onde Nome do Arquivo é o nome da pasta de trabalho corrompida, e pressione Enter.

        Dica : Você só precisa inserir o nome da pasta de trabalho: não é necessário digitar a extensão.

      6. Clique na pasta de trabalho e, em seguida, clique em OK.

      7. Se a caixa de diálogo Selecionar Planilhafor exibida, selecione a planilha apropriada e clique em OK.

      8. Selecione a célula A1.

      9. Na guia Início, no grupo Área de Transferência, clique em Copiar.

        Atalho de teclado  Você também pode pressionar Ctrl+C.

      10. Selecione uma área que seja aproximadamente do mesmo tamanho que o intervalo de células que contêm os dados na pasta de trabalho corrompida.

      11. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique em Colar.

      12. Com o intervalo de células ainda selecionado, na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique novamente em Copiar.

      13. Na guia Página Inicial, no grupo Área de Transferência, clique na seta abaixo de Colar e, em seguida, clique em Colar Especial.

      14. Em Colar, selecione Valores e, em seguida, clique em OK.

        Observação : A colagem de valores remove os vínculos para a pasta de trabalho corrompida e deixa somente os dados.

    • Abra a pasta de trabalho corrompida no Microsoft Office Word ou no Microsoft Wordpad    Se você tiver o conversor do Microsoft Office Excel instalado, poderá abri-la no Word. Se a pasta de trabalho for aberta no Word, você poderá recuperar os dados. É possível usar esse método para recuperar planilhas de módulo, planilhas de diálogo, planilhas de gráfico, planilhas de macro ou quaisquer gráficos inseridos. Você também não poderá recuperar fórmulas de células. Você pode recuperar apenas os resultados das fórmulas que estão sendo exibidos nas células da pasta de trabalho corrompida.

      Você também pode abrir a pasta de trabalho do Excel no WordPad. Se a pasta de trabalho for aberta, você poderá recuperar o código do Microsoft Visual Basic nos módulos e módulos de classe. Você pode procurar as palavras "Sub" ou "Função" para encontrar o código.

    • Usar uma macro para extrair os dados de uma pasta de trabalho corrompida     Se houver um gráfico vinculado à pasta de trabalho corrompida, você poderá usar uma macro para extrair do gráfico os dados de origem.

      Para usar uma macro, siga estes procedimentos:

      1. Digite código de macro a seguir em uma planilha de módulo:

        Digite código de macro a seguir em uma planilha de módulo:

        Sub GetChartValues() 
        Dim NumberOfRows As Integer
        Dim X As Object
        Counter = 2
        ' Calculate the number of rows of data.
        NumberOfRows = UBound(ActiveChart.SeriesCollection(1).Values)
        Worksheets("ChartData").Cells(1, 1) = "X Values"
        ' Write x-axis values to worksheet.
        With Worksheets("ChartData")
        .Range(.Cells(2, 1), _
        .Cells(NumberOfRows + 1, 1)) = _
        Application.Transpose(ActiveChart.SeriesCollection(1).XValues) 
        End With
        ' Loop through all series in the chart and write their values to
        ' the worksheet.
        For Each X In ActiveChart.SeriesCollection
        Worksheets("ChartData").Cells(1, Counter) = X.Name
        With Worksheets("ChartData")
        .Range(.Cells(2, Counter), _ 
        .Cells(NumberOfRows + 1, Counter)) = _
        Application.Transpose(X.Values)
        End With
         Counter = Counter + 1
        Next
        End Sub
      2. Insira uma nova planilha em sua pasta de trabalho e dê-lhe o nome de ChartData.

      3. Selecione o gráfico a partir do qual deseja extrair os valores de dados de base.

        Observação : O gráfico pode ser incorporado em uma planilha ou em uma planilha de gráfico separada.

      4. Execute a macro GetChartValues97.

        Os dados do gráfico serão colocados na planilha ChartData.

Salvar automaticamente uma cópia de backup de uma pasta de trabalho

  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e aponte para a seta ao lado de Salvar Como.

  2. Clique na seta ao lado de Ferramentas e clique em Opções Gerais.

  3. Marque a caixa de seleção Sempre criar backup.

Criar automaticamente um arquivo de recuperação em intervalos específicos

  1. Clique no Botão do Microsoft Office Imagem do botão do Office e clique em Opções do Excel.

  2. Na categoria Salvar, em Preservar informações de backup para pastas de trabalho, marque a caixa de seleção Salvar informações de AutoRecuperação a cada e insira o número de minutos.

  3. Na caixa Local do arquivo de AutoRecuperação, insira o local em que deseja salvar o arquivo de recuperação.

  4. Certifique-se de que a caixa de seleção Desabilitar a AutoRecuperação para esta pasta de trabalho apenas não esteja marcada.

Precisa de mais ajuda?

Você pode sempre consultar um especialista na Excel Tech Community, obter suporte na Comunidade de respostas ou sugerir um novo recurso ou melhoria no UserVoice do Excel.

Expanda suas habilidades
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×