Planejar suas chaves primárias

Cada tabela do banco de dados precisa de uma chave primária

Um campo fundamental para todas as tabelas

A próxima etapa no seu plano é adicionar um campo de chave primária a cada uma das suas tabelas. Uma chave primária é um campo, ou uma combinação de campos, com um valor que faz com que cada registro (ou cada linha de uma tabela) seja único. Por exemplo, uma empresa de telefonia mantém o registro de todos os nomes João da Silva, identificando-os com um valor único de chave primária.

Além de identificar cada registro em seu banco de dados, você também usa chaves primárias nas relações entre suas tabelas. Na verdade, as chaves primárias são tão importantes que nós temos uma regra para elas: todas as tabelas no seu banco de dados devem ter uma chave primária. Sem elas, não é possível criar relações e extrair informações relevantes dos seus dados, há uma boa chance de duplicar registros e seus dados serão muito mais difíceis de usar.

O Access fornece várias maneiras de criar chaves primárias. Como você está apenas começando, a maneira mais simples é planejar um campo “ID”, como “IDAtivo” ou “IDFornecedor”, para cada uma das suas tabelas e, em seguida, definir o campo para o tipo de dados Numeração Automática. O Access incrementará o valor nesse campo em uma unidade sempre que você adicionar um novo registro. Além disso, se você estiver planejando publicar seu banco de dados no SharePoint, precisará usar os campos de Numeração Automática como as chaves primárias de todas as suas tabelas.

O próximo curso desta série mostra como permitir que o Access crie chaves primárias para você e como você mesmo pode criá-las.

Tópico 7 de 11

Anterior | Próximo

(Voltar ao Início)

Expanda suas habilidades
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×