Normalizar dados usando a Análise de Tabela

Normalizar dados usando a Análise de Tabela

Importante :  Este artigo foi traduzido por um sistema de tradução automática, leia o aviso de isenção de responsabilidade. Para sua referência, veja a versão em inglês deste artigo aqui.

Quando você importa dados, às vezes os dados de origem não são divididos da maneira adequada nas tabelas relacionadas. Para obter o máximo de benefícios com o Access, os dados devem ser normalizados, isto é, separados em tabelas diferentes (cada uma relativa a um aspecto), relacionadas por informações essenciais. A Análise de Tabela pode ajudá-lo com essa tarefa de extrema importância: na faixa de opções, clique em Ferramentas de Banco de Dados e, no grupo Analisar, clique em Analisar Tabela. Um assistente será iniciado e o guiará pelo processo.

Observação : As informações neste tópico se aplica somente para um banco de área de trabalho do Microsoft Access (. mdb ou. accdb).

Duas tabelas criadas a partir de uma tabela e a consulta que agrupa seus dados novamente

1. tabela original

2. tabelas criadas pela análise de tabela

3. consulta criada pela análise de tabela

4. lista de pesquisa

Se seu Microsoft Access database possuir uma tabela que contém informações repetidas em um ou mais campos, use a Análise de Tabela para dividir os dados em tabelas relacionadas, de modo que seja possível armazenar dados com mais segurança e eficiência. Esse processo é chamado de normalização.

A Análise de Tabela divide uma tabela que contém informações repetidas em tabelas separadas, nas quais cada tipo de informação é armazenado somente uma vez. isso torna o banco de dados mais eficiente e fácil de atualizar, além de reduzir seu tamanho. Depois que o assistente dividir os dados, você ainda poderá visualizá-los e trabalhar com eles em um local. Para isso, o assistente cria uma consulta.

Você pode usar a consulta para atualizar dados de mais de uma tabela ao mesmo tempo. A consulta também conta com outros recursos de economia de tempo para aumentar a precisão dos dados.

  • Se você alterar um campo repetido na consulta, todos os registros com aquele valor serão automaticamente atualizados, pois, na realidade, ocorre a atualização de apenas um campo na tabela subjacente da consulta.

  • Das novas tabelas, a consulta herda os campos Pesquisa, que permitem alterar valores de campo por meio da seleção de valores de uma lista (e não por meio da digitação correta de um valor). A lista Pesquisa procura valores da tabela subjacente. Quando o mesmo valor for aplicável a mais de um registro, você poderá garantir a precisão e consistência selecionando o valor na lista todas as vezes.

  • Formulários e relatórios que anteriormente foram baseados na tabela original serão automaticamente baseados na consulta agora, porque o assistente atribui o nome da tabela original à consulta e renomeia a tabela.

  • Os formulários e relatórios existentes baseados na consulta herdarão as atualizações automáticas de campos. Os novos formulários e relatórios também herdarão as listas Pesquisa.

Observação : Aviso de Isenção de Tradução Automática: Este artigo foi traduzido por computador, sem intervenção humana. A Microsoft oferece essas traduções automáticas para ajudar as pessoas que não falam inglês a aproveitar os textos escritos sobre produtos, serviços e tecnologias da Microsoft. Como este artigo foi traduzido automaticamente, é possível que contenha erros de vocabulário, sintaxe ou gramática.

Expanda suas habilidades
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×