Microsoft Planner para administradores

As equipes aproveitarão a Microsoft Planner ao máximo se todos a usarem para agendar tarefas, colaborar em arquivos e manter o controle do trabalho planejado. Como administrador, há algumas coisas que você pode fazer para ajudar as pessoas a se manterem produtivas.

Neste artigo:

Como obter o Microsoft Planner

O Microsoft Planner está incluído no Office 365 Enterprise (E1, E3, E4 e E5), no Office 365 Education (E1, E3, E4 e E5), no Office 365 Business Essentials e no Office 365 Business Premium, e foi projetado para trabalhar com vários navegadores diferentes. Para saber mais, confira os requisitos do sistema para o Office.

Todos os usuários que possuem um dos planos do Office 365 mencionados anteriormente têm uma licença do Microsoft Planner habilitada por padrão. Os administradores podem facilmente gerenciar licenças do Planner para adicionar ou remover licenças de usuários individuais ou para desabilitar este programa para todos os usuários.

O Microsoft Planner não estará disponível para os usuários por padrão, na atualização de Disponibilidade Geral dos seguintes planos de assinatura:

  • Office 365 operado por 21Vianet

  • Office 365 Government

Use o Office 365 Roadmap para conferir as novidades sobre a disponibilidade futura.

Apresentando a Microsoft Planner em sua organização

Veja alguns recursos que você pode usar para apresentar a Microsoft Planner à sua organização.

Antes de anunciar a Microsoft Planner

Certifique-se de que entendeu a relação entre os Grupos do Office 365 e a Microsoft Planner. Se sua organização já estiver usando os Grupos do Office 365, cada grupo agora terá também um plano, de forma semelhante ao calendário, um bloco de anotações e um local do OneDrive.

Se alguém criar um novo plano na Microsoft Planner, a pessoa também estará criando um novo Grupo do Office 365. Lembre-se de que a exclusão de um plano também excluirá permanentemente o Grupo do Office 365 e tudo que estiver associado a ele. Isso inclui arquivos armazenados no local do OneDrive, conversas e bloco de anotações do grupo.

Observação : Para saber mais sobre o recurso Grupos do Office 365, confira o artigo Saiba mais sobre os Grupos do Office 365.

Anunciando a Microsoft Planner

Ao anunciar a Microsoft Planner, considere indicar os artigos a seguir aos usuários para que eles tenham um ponto de partida:

Usando a Microsoft Planner diariamente

Quando os usuários começarem a se aprofundar na Microsoft Planner, é provável que surjam dúvidas sobre como excluir tarefas e planos, entrar, marcar planos como favoritos, definir imagens de visualização da tarefa e colaborar com colegas.

Perguntas frequentes sobre o gerenciamento do Microsoft Planner

Veja a seguir uma lista de possíveis perguntas comuns de administradores do Microsoft Planner.

O Microsoft Planner vem habilitado por padrão, mas talvez seja necessário ter o controle dos usuários para os quais deseja atribuir licenças deste programa. Por exemplo, a organização pode não estar preparada para começar a usar o Planner e você precisar remover temporariamente o acesso de alguns ou de todos os usuários. Para fazer isso, você pode atribuir ou remover licenças por meio do Centro de administração do Office 365 ou do Office 365 PowerShell.

Para saber mais e para ver exemplos de script do PowerShell para gerenciamento de licenças do Planner, confira o artigo Como usar o Office 365 PowerShell para gerenciar licenças do Microsoft Planner.

Observação : Durante a execução de scripts no Office 365 PowerShell, o valor DisabledPlans para o Microsoft Planner será PROJECTWORKMANAGEMENT.

O administrador do Office 365 pode querer controlar quais usuários têm a capacidade de criar Grupos do Office 365 no locatário e conceder permissões apenas para criar Grupos do Office 365 a usuários específicos que usam serviços do Office 365, como o Microsoft Planner, que exigem a criação de grupos.

Controlar as pessoas que podem criar Grupos do Office 365 é uma medida de segurança adicional destinada a restringir o uso do Microsoft Planner para usuários não licenciados. Se remover a licença de um usuário do Office 365, o bloco do Microsoft Planner deixará de ser exibido para esse usuário. No entanto, ele poderá continuar acessando o Microsoft Planner através da URL (tasks.office.com). Se desabilitar a capacidade dele de criar Grupos do Office 365, ele terá a capacidade reduzida de usar o Microsoft Planner e não poderá criar planos.

Os administradores podem controlar essa funcionalidade por meio do Azure AD (Active Directory) PowerShell. Esses cmdlets permitem:

  1. Desabilitar a criação de grupos para todos os usuários no locatário

  2. Em seguida, permitem que usuários específicos criem grupos (por exemplo, todos os usuários do Planner), quando a criação de grupos estiver desabilitada

Importante : Desabilitar a criação de grupos no locatário afetará os usuários de outros serviços do Office 365, como o Exchange Online, que exigem a criação de grupos. Quando definir essa configuração, não deixe de levar em conta todos os usuários que precisam da funcionalidade de criação de grupos.

Para saber mais, confira o artigo Gerenciar a criação de Grupos do Office 365 para Microsoft Planner.

Se tiver interesse em migrar as notificações de email para um domínio personalizado, siga os procedimentos descritos no artigo Suporte de vários domínios para Grupos do Office 365 – Ajuda para Administradores.

Se assinar a Visualização do Microsoft Planner usando um código promocional, pode ser que você receba um email informando que sua visualização vai expirar e que o programa será desabilitado e excluído. No entanto isso não ocorrerá, caso se inscreva em um plano do Office 365 que inclua o Planner. Quando o Planner faz parte da assinatura do Office 365, os dados do usuário e do locatário não são afetados.

Você pode ignorar o email referente à data de validade da Visualização do Microsoft Planner, se estiver usando os planos Office 365 Enterprise (E1, E3, E4 e E5), Office 365 Education (E1, E3, E4 e E5), Office 365 Business Essentials ou Office 365 Business Premium. Todos eles incluem o Microsoft Planner.

Caso não esteja usando um plano do Office 365 que inclua o Planner, inscreva-se em um deles antes da data de vencimento, para que seus dados não sejam afetados.

Para saber mais, confira essa postagem do blog de suporte do Microsoft Planner.

Se estiver usando o Microsoft Planner em um ambiente híbrido no qual os usuários podem ter caixas de correio locais ou do Exchange Online, observe que:

  • O Planner oferece funcionalidade completa, quando o usuário possui uma caixa de correio do Exchange Online

  • Os usuários do Planner que não tenham caixas de correio do Exchange Online podem enfrentar os seguintes problemas:

    • Os usuários podem ter dificuldade para exibir ou adicionar comentários a uma tarefa.

    • Os usuários podem ter dificuldade para exibir os planos favoritos do Planner.

Para saber mais, confira o artigo 3169632 da base de dados.

Expanda suas habilidades
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×