Como migrar caixas de correio de um locatário do Office 365 para outro.

Este artigo explica como migrar caixas de correio e configurações de serviço de um locatário do Office 365 para outro locatário do Office 365 em um cenário de fusão de negócios. Se você possui mais de 500 usuários ou uma grande quantidade de dados do SharePoint para migrar, sugerimos que trabalhe com um parceiro do Office 365.

O cenário neste artigo se baseia em duas empresas fictícias, a Contoso.com e a Fabrikam.com, usando dois locatários separados do Office 365. A Contoso comprou a Fabrikam e está movendo os dados e os usuários da Fabrikam para o locatário do Office 365 da Contoso.com.

Locatário 1 (Destino)

Locatário 2 (Origem)

Domínio de email personalizado:   

contoso.com

fabrikam.com

Domínio inicial do Office 365:   

contoso.onmicrosoft.com

fabrikam.onmicrosoft.com

Situação: Migrar usando uma ferramenta de migração de terceiros

Neste cenário supõe-se que os usuários, grupos e outros objetos da Fabrikam Company serão criados manualmente no Office 365, importados para o portal através de script, ou mesclados no Active Directory da Contoso através da consolidação do AD DS (Active Directory Domain Services).

Após a conclusão, todas as contas da Fabrikam existirão no locatário do Office 365 da Contoso.com e todos usarão o @fabrikam.com para o UPN. O esquema de endereçamento final foi escolhido por simplicidade e brevidade, mas é claro que pode ser modificado para atender às suas necessidades.

Clique com o botão direito do mouse no menu de atalho para mesclar as células de tabela

Planejamento: Duas semanas antes de migrar

Se estiver usando uma ferramenta de migração de terceiros, adquira as licenças necessárias para a migração.

Considerações do cliente   

No Outlook 2010 e no Outlook 2013, basta excluir o perfil de usuário do Outlook.

No Outlook 2007 e no Outlook 2010, quando você estiver reiniciando, a descoberta automática configurará o cliente e recriará o arquivo .OST.

No cliente do Lync, você precisará adicionar contatos após a migração ter sido concluída.

Preparação e licenciamento do locatário   

O locatário de origem é o locatário do Office 365 do Fabrikam do qual você está migrando usuários e dados. O locatário de destino é o locatário do Office 365 da Contoso para o qual você está migrando.

  1. Aumente as licenças no locatário do Office 365 de Destino para acomodar todas as caixas de correio que serão migradas do locatário de origem.

  2. Crie contas de Administrador nos locatários de origem e de destino para serem usadas na migração do Office 365 para outro Office 365. Algumas ferramentas de migração podem exigir mais de uma conta de administrador no locatário de origem para otimizar a taxa de transferência.

Criação de salas, recursos, grupos de distribuição e objetos de usuário no locatário de destino   

Para criar os recursos no locatário de destino (Contoso):

  1. Se a ferramenta Azure AD Connect for usada para sincronizar todos os objetos do Active Directory Domain Services (AD DS) da Contoso, os objetos dos AD DS do locatário de origem (Fabrikam) devem ser criados no AD DS do locatário de destino (Contoso) por meio de consolidação.

    1. A consolidação do AD DS pode ser realizada usando várias ferramentas do AD DS. A consolidação pode levar mais tempo que o esperado, e o planejamento depende de quantos objetos serão movidos, podendo ser completada antes do projeto de migração.

    2. Verifique se todos os novos usuários e grupos estão sincronizados com o locatário de destino da Contoso.com através da sincronização de diretório. Os objetos devem ser exibidos como usuário@contoso.onmicrosoft.com no novo locatário, uma vez que o domínio da Fabrikam não foi transferido. O endereço de email principal dos usuários e grupos pode ser atualizado para @fabrikam.com, após concluir a migração do domínio.

  2. Se a sincronização de diretórios não for usada, ou se as Salas, Recursos, Grupos ou Usuários forem gerenciados no Centro de administração do Office 365 do locatário de origem, esses objetos devem ser criados no locatário de destino. Os objetos podem ser criados manualmente no Centro de administração do Office 365. Para criar um número maior, importe um arquivo CSV usando o recurso de adição em massa no Centro de administração do Office 365, ou use o Windows PowerShell.

Comunicações de usuários finais   

Para comunicar a migração aos usuários finais em sua organização:

  1. Crie um plano de comunicação e comece a notificar os usuários sobre a migração e as alterações no serviço que serão realizadas em breve.

  2. Após a migração, o cache de apelidos terá que ser limpo em todos os clientes do Outlook. Confira Como reiniciar os caches de apelidos e de preenchimento automático no Outlook para obter uma ferramenta de correção automática que deve ser executada pelos usuários finais.

  3. Explique aos usuários como se conectar ao Outlook Web App com as novas informações de logon caso eles tenham algum problema após a migração.

Atividades prévias de migração e de preparação: Três dias antes de migrar

Preparação do domínio   

Para preparar o domínio para a migração, complete as etapas a seguir.

  1. Inicie o processo de verificação do domínio no locatário de destino (Contoso) do domínio de email Fabrikam.com.

  2. No centro de administração do Office 365 da Contoso.com, adicione o domínio Fabrikam.com e crie registros TXT no Sistema de Nomes de Domínio (DNS) para verificação.

    Observação : A verificação falhará porque o domínio ainda está sendo usado no outro locatário.

    Executar esta etapa agora dará tempo para o registro DNS ser propagado, uma vez que isso pode levar até 72 horas. A validação final ocorrerá mais tarde durante o processo.

Agendamento da migração   

Para agendar a migração:

  1. Crie a lista principal de caixas de correio de usuários que você deseja migrar.

  2. Crie um arquivo .CSV de mapeamento de caixa de correio da ferramenta de migração de terceiros que você está usando. Esse arquivo de mapeamento será usado pela ferramenta de migração para que a caixa de correio de origem corresponda com a caixa de correio do locatário de destino quando ocorrer a migração. Recomendamos que você use o domínio ‘inicial’ *.onmicrosoft.com para fazer o mapeamento das contas de origem, já que o domínio de email personalizado estará mudando constantemente.

O arquivo CSV usado para migrar dados das caixas de correio de um locatário do Office 365 para outro

Teste da vida útil (TTL) do registro MX (de servidor de mensagens)   

Em seguida, você agendará o teste TTL.

  1. No DNS, altere o valor de TTL no registro MX do domínio de email principal que você deseja transferir para um número menor (por exemplo: 5 minutos) Se o TTL não puder ser reduzido para cinco minutos, anote o valor mais baixo. Por exemplo, se o valor mais baixo for quatro horas, o registro MX deverá ser alterado quatro horas antes do início de sua migração.

  2. Pesquisa de MX pode ser usada para verificar alterações de MX e DNS.

Desabilitar a sincronização de diretórios no locatário de origem   

No centro de administração do Office 365 do locatário de origem, desabilite a sincronização de diretórios. Esse processo pode demorar 24 horas ou mais, por isso deve ser feito antes da migração. Depois de desabilitada no portal, quaisquer alterações no AD DS do locatário de origem não sincronizará mais com o locatário do Office 365. Ajuste seu processo de provisionamento de usuário e grupo existentes adequadamente.

Migração: O dia da sua migração

Estas são as etapas necessárias para o dia que você executar a migração.

Alteração de registro MX: parar o fluxo de entrada de emails   

Altere o seu registro MX principal de Office 365 para o domínio que não está acessível, por exemplo "inacessível.exemplo.com". Os servidores de email da Internet que tentarem entregar novos emails vão colocá-los em fila e tentar entregar novamente em 24 horas. Ao usar este método, alguns emails podem retornar uma notificação de falha na entrega (NDR), dependendo do servidor que esteja tentando entregar o email. Se isso for um problema, use um serviço de backup do registro MX. Existem diversos serviços de terceiros que colocarão seus emails em fila por dias ou semanas. Quando sua migração estiver completa, esses serviços entregarão os emails em fila para o seu novo locatário do Office 365.

Dica : Se seu TTL for curto, como cinco minutos por exemplo, esta etapa pode ser realizada no final do expediente para evitar transtornos. Se seu TTL for maior, você deve alterar o registro MX antecipadamente para permitir que o TTL expire. Por exemplo, um TTL de quatro horas deve ser alterado antes das 14h se você deseja iniciar as migrações às 18h.

Verifique suas alterações de MX e DNS, se necessário. Serviços como o MxToolbox ou o Nslookup podem ser usados para verificar as alterações de MX e DNS.

Preparação do locatário de origem   

O domínio de email principal, fabrikam.com, deve ser removido de todos os objetos no locatário de origem antes de que o domínio possa ser movido para o locatário de destino.

  1. Se você também configurou seu domínio com um site público do SharePoint Online, antes de poder remover o domínio, você deve configurar a URL novamente com o domínio inicial.

  2. Remova todas as licenças do Lync dos usuários no locatário de origem usando o portal de administração do Lync. Isso removerá o endereço Sip do Lync conectado ao Fabrikam.com.

  3. Redefina os endereços de email padrão nas caixas de correio de origem do Office 365 para o domínio inicial (fabrikam.onmicrosoft.com).

  4. Redefina os endereços de email padrão em todas as Listas de Distribuição, Salas e Recursos para o domínio inicial (fabrikam.onmicrosoft.com) no locatário de origem.

  5. Remova todos os emails secundários (endereços proxy) dos objetos de usuário que ainda estejam usando o @fabrikam.com.

  6. Defina o domínio padrão no locatário de origem para o domínio de roteamento fabrikam.onmicrosoft.com (no portal de administração, clique no nome da sua empresa no canto superior direito).

  7. Use o comando Get-MsolUser -DomainName Fabrikam.com do Windows PowerShell para recuperar uma lista de todos os objetos que ainda estejam usando o domínio e bloqueando a remoção.

  8. Para problemas comuns de remoção do domínio, consulte Você recebe uma mensagem de erro ao tentar remover um domínio do Office 365.

Preparação do locatário de destino   

Conclua a verificação do domínio Fabrikam.com no locatário contoso.com. Você pode ter que esperar uma hora após remover o domínio do antigo locatário.

  1. Configure o opcional da CNAME de descoberta automática (interna/externa).

  2. Se você estiver usando AD FS, configure o novo domínio no locatário de destino para AD FS.

  3. Inicie a ativação de caixa de correio no locatário contoso.com > Atribuir licenças a todas as novas contas de usuário.

  4. Defina o domínio de email Fabrikam.com como o endereço principal nos novos usuários. Isso pode ser feito selecionando/editando vários usuários não licenciados no portal, ou usando o Windows PowerShell.

  5. Se você não estiver usando o recurso de sincronização de senha ou os AD FS, defina a senha em todas as caixas de correio no locatário de destino (Contoso). Caso não esteja usando uma senha comum, notifique os usuários sobre a nova senha.

  6. Quando as caixas de correio estiverem licenciadas e ativas, faça a transição do roteamento de email. Aponte o registro MX da Fabrikam para o locatário de destino (Contoso) do Office 365. Quando o TTL do MX expirar, os emails começarão a fluir para as novas caixas de correio vazias. Se você estiver usando um serviço de backup de MX, poderá liberar os emails para as novas caixas de correio.

  7. Execute os testes de verificação do fluxo de email de/para as novas caixas de correio no locatário de destino.

  8. Se você estiver usando o Exchange Online Protection (EOP): No locatário de destino, recrie as regras de transporte, os conectores, as listas brancas e negras etc, do locatário de origem.

Iniciar a migração   

Para minimizar o tempo de inatividade e os transtornos para os usuários, determine o melhor método para a migração.

  • Migração de 500 usuários ou menos: Migrar Calendário do Email e dados de contatos para as caixas de correio do locatário de destino. Limite a migração do email por data, se possível. Por exemplo, os dados dos últimos seis meses.

  • Migração para mais de 500 usuários: Use uma abordagem de várias passagens ao migrar os contatos, calendários e apenas 1 semana de email para todos os usuários. Depois, nos dias ou semanas subsequentes, execute várias etapas para preencher as caixas de correio com dados de email antigos.

Inicie sua migração de emails através da ferramenta de migração de terceiros.

  1. Monitore o progresso da migração com as ferramentas fornecidas pelo fornecedor. Envie relatórios periódicos do progresso durante a migração para a equipe de migração e gerenciamento.

  2. Execute as migrações de segunda ou terceira passagem, opcionais após todas as migrações estarem completas.

No final da migração, o Outlook 2007 e o 2010 sincronizarão a caixa de correio inteira de cada usuário, consumindo uma largura de banda considerável, dependendo da quantidade de dados que você migrou em cada caixa de correio. O Outlook 2013 só armazenará em cache 12 meses de dados por padrão. Essa definição pode ser configurada para mais ou menos dados, como por exemplo, para apenas três meses de dados, o que pode tornar o uso da largura de banda mais leve.

Após a migração: Limpeza   

Os usuários podem receber notificações de falha na entrega ao responder a mensagens de email migradas. O cache de apelidos do Outlook deve ser limpo. Consulte Como reiniciar os caches de apelidos e de preenchimento automático no Outlook. Como alternativa, adicione o antigo nome de domínio herdado como um endereço proxy x.500 a todos os usuários.

Exemplos de scripts do Windows PowerShell

Use os seguintes scripts de exemplo do Windows PowerShell como ponto de partida para criar seus próprios scripts.

Redefinição de senha em massa do Office 365

  1. Crie um arquivo .CSV com o nome senha.csv.

  2. Insira as colunas "upn" e "novasenha" no arquivo (por exemplo: juliopinto@contoso.com,Senha1)

  3. Use o comando do Windows PowerShell:

    Import-Csv password.csv|%{Set-MsolUserPassword –userPrincipalName $_.upn -NewPassword $_.newpassword -ForceChangePassword $false}

Copiar todas as contas do Office 365 com um endereço proxy específico em um arquivo CSV

##########################################################################
# Script: showproxies.ps1
# Copies all accounts in Office 365 that contain/don't contain a specific
# proxyaddress to a .CSV file (addresses.csv)
#
# Change the following variable to the proxy address string you want to find:
# $proxyaddr = "onmicrosoft.com"
################################################################################
$proxyaddr = "onmicrosoft.com"
# Create an object to hold the results
$addresses = @()
# Get every mailbox in the Exchange Organisation
$Mailboxes = Get-Mailbox -ResultSize Unlimited
# Loop through the mailboxes
ForEach ($mbx in $Mailboxes) {
# Loop through every address assigned to the mailbox
Foreach ($address in $mbx.EmailAddresses) {
# If it contains XXX, Record it
if ($address.ToString().ToLower().contains("onmicrosoft.com")) {
# This is an email address. Add it to the list
$obj = "" | Select-Object Alias,EmailAddress
$obj.Alias = $mbx.Alias
$obj.EmailAddress = $address.ToString() #.SubString(10)
$addresses += $obj
}
}
}
# Export the final object to a csv in the working directory
$addresses | Export-Csv addresses.csv -NoTypeInformation
# Open the csv with the default handler
Invoke-Item addresses.csv
##### END OF SHOWPROXIES.PS1

Criar Caixas de Correio de Sala em massa no Office 365

################################################################################
# Script: create-rooms.ps1
# Description:*** RUN THIS SCRIPT FROM A WINDOWS POWERSHELL SESSION ***
#This script creates Room mailboxes in Office 365.
# Syntax:Create-Rooms.ps1 -inputfile "file name.csv"
#
# Dependencies: Input file should contain 3 columns: RoomName, RoomSMTPAddress, RoomCapacity
#
################################################################################
param( $inputFile )
Function Usage
{
$strScriptFileName = ($MyInvocation.ScriptName).substring(($MyInvocation.ScriptName).lastindexofany("\") + 1).ToString()
@"
NAME:
$strScriptFileName
EXAMPLE:
C:\PS> .\$strScriptFileName -inputfile `"file name.csv`"
"@
}
If (-not $inputFile) {Usage;Exit}
#Get MSO creds and initialize session
If ($cred -eq $NULL) {$Global:cred = Get-Credential}
#
If ($ExchRemoteCmdlets.AccessMode -ne "ReadWrite")
{
Write-Host
Write-Host Connecting to Office 365...
Write-Host
$NewSession = New-PSSession -ConfigurationName Microsoft.Exchange -ConnectionUri https://ps.outlook.com/powershell -Credential $cred -Authentication Basic -AllowRedirection
$Global:ExchRemoteCmdlets = Import-PSSession $NewSession
}
#Import the CSV file
$csv = Import-CSV $inputfile
#Create Rooms contained in the CSV file
$csv | foreach-object{
New-mailbox -Name $_.RoomName -room -primarysmtpaddress $_.RoomSMTPAddress -resourcecapacity $_.RoomCapacity
}
##### END OF CREATE-ROOMS.PS1

Remover endereços de email secundários em massa das caixas de correio.

##########################################################################
# Script: remove-proxy.ps1
#Description:*** RUN THIS SCRIPT FROM A WINDOWS POWERSHELL SESSION ***
#This script will remove a secondary email address from many users
#
# Syntax:remove-proxy.ps1 -inputfile "filename.csv"
#
# Dependencies:Input file should contain 2 columns: Username, Emailsuffix
# Example: Username=tim, Emailsuffix=fabrikam.com
#Script will remove the address tim@fabrikam.com from the mailbox for Tim.
#NOTE: Address must be secondary; it will not remove primary email address.
#
################################################################################
param( $inputFile )
Function Usage
{
$strScriptFileName = ($MyInvocation.ScriptName).substring(($MyInvocation.ScriptName).lastindexofany
("\") + 1).ToString()
@"
NAME:
$strScriptFileName
EXAMPLE:
C:\PS> .\$strScriptFileName -inputfile `"file name.csv`"
"@
}
If (-not $inputFile) {Usage;Exit}
#Get MSO creds and initialize session
If ($cred -eq $NULL) {$Global:cred = Get-Credential}
#
If ($ExchRemoteCmdlets.AccessMode -ne "ReadWrite")
{
Write-Host
Write-Host Connecting to Office 365...
Write-Host
$NewSession = New-PSSession -ConfigurationName Microsoft.Exchange -ConnectionUri
https://ps.outlook.com/powershell -Credential $cred -Authentication Basic -AllowRedirection
$Global:ExchRemoteCmdlets = Import-PSSession $NewSession
}
#Import the CSV file and change primary smtp address
$csv = Import-CSV $inputfile
$csv | foreach-object{
# Set variable for email address to remove
$removeaddr = $_.username + "@" + $_.emailsuffix
Write-Host ("Processing User: " + $_.UserName +" - Removing " + $removeaddr)
Set-Mailbox $_.Username -EmailAddresses @{Remove=$removeaddr}
}
##### END OF REMOVE-PROXY.PS1
Expanda suas habilidades
Explore o treinamento
Obtenha novos recursos primeiro
Ingressar no Office Insider

Essas informações foram úteis?

Obrigado por seus comentários!

Agradecemos pelos seus comentários! Parece que pode ser útil conectar você a um de nossos agentes de suporte do Office.

×